Menu
segunda, 17 de maio de 2021
MS CRESCE PELA VIDA 14 a 18/05/2021
Geral

Menino Henry, morto pela mãe e padastro, faria 5 anos nesta segunda

O pai do garoto, Leniel Borel, publicou uma mensagem emocionada nas redes sociais e que faria de tudo para ter o abraço da criança de novo

03 maio 2021 - 14h17Por Vinicius Costa

O menino Henry Borel completaria 5 anos nesta segunda-feira (3), se estivesse vivo. Ele foi morto pela mãe, Monique Medeiros e pelo padrasto, vereador Dr. Jairinho no dia 8 de março deste ano, no apartamento onde morava, no Rio de Janeiro.

O pai do garoto, Leniel Borel, publicou uma mensagem em seu Instagram indicando que ele faria aniversário e prepararia uma festa e que gostava de ver a emoção da criança ao abrir os presentes.

"Henry, hoje seria seu aniversário de 5 aninhos. Mais uma festa para comemorarmos juntos, sempre do jeitinho que você queria, com todos os personagens, brincadeiras, bolos e brigadeiros que você gostava. Emocionante era ver sua alegria ao abrir os presentes. Que orgulho de você, meu presente de Deus! Ah, como era lindo te ver crescendo", diz o texto.

Leniel ainda declarou que a data de aniversário do filho ficará eternizado. Contudo, se emocionou ao dizer que faria de tudo para ouvir mais uma declaração e receber um abraço do seu filho.

"Pois sei que estarás vivo em meu coração por todos os dias da minha vida", diz o pai.

A mãe de Henry escreveu uma nova carta reafirmando as acusações de violência contra o ex-namorado. Tanto ela, como Jairinho estão presos e podem responder por homicídio duplamente qualificado pela morte do menino.