Menu
domingo, 27 de setembro de 2020
Geral

Mulher é detida suspeita de matar tratorista e diz ter sido assediada pela vítima

A vítima foi encontrada com ferimentos de faca e queimaduras pelo corpo

16 maio 2019 - 16h01Por G1/MT

Uma mulher de 49 anos foi detida suspeita de matar um tratorista de 55 anos em Pontes e Lacerda, a 483 km de Cuiabá (MT), no domingo (12). Ao ser ouvida na quarta-feira (15), a suspeita – que não teve o nome divulgado –, alegou que foi assediada sexualmente pela vítima.

Por estar fora do flagrante, ela foi solta depois de prestar depoimento.

A vítima, identificada como Adilson do Rosário Vieira, foi encontrada com ferimentos de faca e queimaduras pelo corpo.

À polícia, a detida contou que estava com a vítima na casa dela. Na ocasião, eles ingeriam bebida alcoólica e a mulher usava um fogareiro para cozinhar.

No depoimento, ela contou que, após ser assediada, ela atirou um pote com álcool na vítima. O produto pegou fogo e causou queimaduras em Adilson.

Além da mulher, um idoso de 61 anos foi detido por suposta participação no crime. Ele teria entrada em luta corporal com a vítima para defender a mulher.

Os dois devem responder por homicídio qualificado, segundo a Polícia Civil.

Leia Também

Brasil registra 869 novas mortes nas últimas 24 horas
CORONAVÍRUS
Brasil registra 869 novas mortes nas últimas 24 horas
Primeiro castramóvel chega em janeiro e vai atender bairros mais vulneráveis em Campo Grande
Cidade Morena
Primeiro castramóvel chega em janeiro e vai atender bairros mais vulneráveis em Campo Grande
Em dois anos, MS ganha 54 mil eleitores e mulheres definem eleição
Cidade Morena
Em dois anos, MS ganha 54 mil eleitores e mulheres definem eleição
Bebê com atrofia muscular morre após campanha para importar remédio de cerca de R$ 11 milhões
Geral
Bebê com atrofia muscular morre após campanha para importar remédio de cerca de R$ 11 milhões