TOP MIDIA INSTITUCIONAL
Menu
sexta, 01 de julho de 2022 Campo Grande/MS
GOV ENERGIA ZERO JUNHO 2022
Geral

NOTÍCIA BOA: analfabeta, ex-gari transforma a vida de 360 crianças carentes

Ela criou uma ONG e realizou o sonho de ajudar crianças que moram na rua

11 julho 2020 - 17h14Por Rayani Santa Cruz

Com sensação de vitória, a ex-gari Rozeli da Silva, que ha? 10 anos criou uma ONG que transforma a vida de quase 400 crianc?as pobres de Porto Alegre, contou um pouco de sua história ao site Só Notícia Boa.

“Eu sou gari, preta, pobre, na?o sabia nem ler e nem escrever. Fui vi?tima de viole?ncia dome?stica, vivi em ca?rcere privado, fui ma?e aos 12 anos e por muito tempo, quando na?o era invisi?vel, era tratada como lixo. Hoje, represento para as crianc?as que acolhemos a esperanc?a de que existe sim uma sai?da e que quando acolhemos com amor a nossa histo?ria e a de quem esta? ao nosso redor, podemos mudar o mundo!”.

Conforme o site, a ONG Renascer da Esperanc?a fez da luta pessoal de Rozeli um propo?sito de vida tão significativo e poderoso, que contagiou uma legião de pessoas, que se juntaram a ela e hoje levam dignidade, amor e esperança a esses pequenos brasileiros.

O sonho da Rozeli

Rozeli foi criada rodeada pela pobreza e hoje esta? viva grac?as a?s doac?o?es de comida que recebia ao pedir de porta em porta. Mas ela decidiu que era importante contar para o mundo que na?o existe crianc?a da rua.

“Nenhuma delas brotou do asfalto, nasceu nos becos, ou foi colocada ali pela cegonha. Todas te?m fami?lia e te?m histo?ria, na?o cabe a ningue?m o direito de dar nomes a? elas: trombadinhas ou qualquer outra ofensa, na?o a?s representam”, lembra Rozeli.

Ela contou ao site, que desde que comec?ou a trabalhar como varredora de rua,  entendeu que poderia ser capaz de realizar o que um dia ela sonhou. Que era  literalmente juntar as crianc?as que vivem na rua e cuidar de cada uma delas, abrac?ando sua histo?ria, seus medos, suas inseguranc?as e traumas.

Deu certo

A ideia de Rozeli começou a ser abraçada por pessoas que ajudaram a construir a ONG. Lea, assistente social, foi personagem desse sonho e pec?a fundamental dentro da construc?a?o da ONG Renascer da Esperanc?a.

Por muito tempo, era ela quem escrevia e divulgava as ideias que estavam dentro do corac?a?o e da cabec?a de Rozeli.

Com a ajuda de muitas outras pessoas da comunidade, o projeto da ONG foi estruturado, grac?as ao advogado Dr. Joa?o Plinio de Almeida, e o analfabetismo da Rozeli foi ficando para tra?s com o cuidado e pacie?ncia da lavadeira Dona Neli.

A sede

Em 1998, tre?s anos depois da estruturac?a?o do projeto e de muitos dias e meses com ele embaixo do brac?o, a ONG ganhou sua sede, duas casinhas de madeira em um grande pa?tio da Unia?o, cedido pelo presidente da empresa em que Roseli trabalhava.

De la? pra ca?, tudo mudou. A comunidade veio com brac?os e pec?as fundamentais para a estruturac?a?o de um lugar de acolhimento, incentivo a educac?a?o, ao esporte e, principalmente, ao renascer da esperanc?a na vida de centenas de crianc?as da regia?o.

Hoje, a ONG Renascer da Esperanc?a cuida de mais 360 crianc?as e oferece reforc?o escolar, oficinas extracurriculares e diversas atividades. Colhe frutos de um sonho que, com muita dedicac?a?o e superac?a?o, se tornou real.

Veja o trabalho da ONG na página deles, no Instagram, no Facebook e ajude!