Menu
sábado, 26 de setembro de 2020
Geral

Onyx se reúne com Bolsonaro no Alvorada em meio à crise com Bebianno

Bebianno (Secretaria-Geral) se desgastou com o presidente após ser desmentido por um dos filhos de Bolsonaro

16 fevereiro 2019 - 16h49Por Reprodução / G1

O ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, se encontrou com o presidente Jair Bolsonaro na residência oficial do Palácio da Alvorada no fim da manhã deste sábado (16). O encontro ocorreu em meio à crise envolvendo o ministro da Secretaria-Geral da Presidência, Gustavo Bebianno.

Onyx ficou cerca de uma hora com o presidente. Ele chegou ao Alvorada dirigindo o próprio carro e, de vidros fechados, não quis falar com a imprensa nem na chegada nem na saída.

A situação de Bebianno dentro do governo se desgastou nesta semana, principalmente depois que ele foi desmentido em uma rede social por um dos filhos do presidente, o vereador Carlos Bolsonaro. A postagem foi compartilhada por Jair Bolsonaro.

A crise com Bebianno começou após o jornal "Folha de S.Paulo" ter publicado reportagens sobre suspeitas de candidatos "laranjas" do PSL nas eleições do ano passado. O partido era presidido pelo agora ministro.

Nos últimos dias, a permanência do ministro no cargo começou a ser colocada em dúvida. Em uma entrevista à TV Record, Bolsonaro afirmou que, se Bebianno estiver envolvido em irregularidades, não terá outro "destino" a não ser "voltar às suas origens".

Interlocutores da Presidência dão como certa a demissão do ministro e dizem que a situação dele é "insustentável". No entanto, há um grupo dentro do governo que acha que ainda pode haver uma reconciliação entre Bolsonaro e Bebianno.

À "Folha de S.Paulo", também neste sábado, Bebianno disse que a "tendência" é ele ser exonerado.

Mais cedo, na madrugada, o ministro postou em sua rede social uma citação de um escritor sobre lealdade. "O desleal, coitado, viverá sempre esperando o mundo desabar na sua cabeça", diz parte do texto. Outro trecho afirma: "E repare: quando perdemos por ser leal, mantemos viva a honra. Saímos de qualquer lugar com a cabeça erguida ao carregar no coração a lealdade".

Conversas
Ao longo da sexta-feira, integrantes do governo tentaram debelar a crise e manter Bebianno na equipe.

Bolsonaro chegou a participar de uma reunião na sexta no Palácio do Planalto com ministros e o próprio Bebianno.

Estavam também o vice-presidente, Hamilton Mourão, Onyx Lorenzoni, e o ministro do Gabinete de Segurança Institucional, Augusto Heleno. Eles fizeram um apelo para encerrar a crise, mas o clima estava tenso.

Depois houve um encontro reservado entre o o presidente e Bebianno. Mas Bolsonaro apontou o ministro como o responsável por vazamentos de informações do governo para a imprensa e o clima entre eles continuou pesado.

Leia Também

Resultado negativo da Covid-19 faz Julia chorar de alívio e matar a saudade da 'vó mãe'
Cidade Morena
Resultado negativo da Covid-19 faz Julia chorar de alívio e matar a saudade da 'vó mãe'
Reme ainda não tem prazo para retorno das aulas presenciais
Cidade Morena
Reme ainda não tem prazo para retorno das aulas presenciais
Caminhoneiro morre ao capotar veículo na serra de Maracaju
Interior
Caminhoneiro morre ao capotar veículo na serra de Maracaju
Prefeitura libera apresentações de artistas de fora e festas em condomínios
Cidade Morena
Prefeitura libera apresentações de artistas de fora e festas em condomínios