TCE ABRIL 16 A 22/04
Menu
segunda, 19 de abril de 2021
Geral

'Orgulho da mãe que me tornei', disse Monique antes de ser presa pela morte de Henry

Monique e o vereador Dr. Jairinho foram presos na manhã de hoje na capital fluminense

08 abril 2021 - 11h16Por Nathalia Pelzl

Monique Medeiros, investigada pela morte do filho Henry Borel, no Rio de Janeiro, postou nas redes sociais ontem uma foto antiga ao lado do garoto, na qual se descreve orgulhosa da mãe que havia se tornado. 

Monique e o vereador Dr. Jairinho foram presos na manhã de hoje na capital fluminense.

"Me orgulho da mãe que me tornei e me orgulho do filho que tive", escreveu Monique. A conta na rede social foi criada exclusivamente para defender-se das acusações perante a morte do filho. "Perfil criado para demonstrar a verdade e para que a justiça prevaleça sobre especulações. E conhecereis a verdade e a verdade vos libertará. João 8:32", diz a descrição.

"Meu bebê sempre foi muito bem cuidado... Todos os que nos conheciam sabiam como ele era um menino feliz e muito amado”, continuou. 

"Henry era um menino doce, educado, gentil, carinhoso, amoroso, sensível e muito amado. Na verdade, ele só conhecia o Amor. Infelizmente e com muita dor no coração, digo que só pude estar em sua presença por 4 anos. Mas foram, meus mais belos, 4 anos e 10 meses. Onde conheci verdadeiramente o significado dos mais sinceros valores humanos", finalizou.