Menu
domingo, 09 de maio de 2021
mais social 05 a09/05/2021
Geral

Professora morta em ataque a creche em SC tentou correr de jovem

Embora tenha tentado fugir, ela foi alcançada pelo homem e morreu na unidade escolar

04 maio 2021 - 16h47Por Vinicius Costa

Keli Adriane Aniecevski, de 30 anos, foi uma das pessoas que morreram no atentado a uma creche, na cidade de Saudades, em Santa Catarina, na manhã desta terça-feira (4). Ela e outras três crianças e mais uma mulher foram brutalmente assassinadas a golpes de facão causados pelo autor.

A informação da Polícia Civil de SC é que a professora estava na entrada da creche e teria sido a primeira a ser violentada. Embora tenha tentado fugir, ela foi alcançada pelo homem e morreu na unidade escolar.

Segundo o delegado responsável pelo caso, Jerônimo Marçal, em entrevista à Rádio Vale FM, o criminoso atacou Keli e depois correu para uma sala onde tinham crianças e lá agrediu outras pessoas.

A prima da professora, Cristiane Aniecevski disse que a educadora estava atuando na creche há cinco anos. "Era uma pessoa muito querida. Nós estamos em choque com o que aconteceu. Disseram para nós que ela tentou defender as crianças".

Após os ataques, o jovem de 18 anos tentou se matar, mas foi interrompido pelos populares. A Polícia Militar de SC afirmou que o rapaz foi internado em Chapecó, mas está com quadro de saúde estável.