Menu
Busca quarta, 08 de abril de 2020
corona
Geral

Secretário de Governo lamenta morte precoce de Lanzarini

O subsecretário especial da Casa Civil foi morto após discutir com um funcionário da fazenda

24 fevereiro 2020 - 17h48Por Rayani Santa Cruz

Após a morte de Dirceu Lanzarini na tarde desta segunda-feira (24), o secretário de Governo e Gestão Estratégica, Eduardo Riedel, se pronunciou e lamentou a perda inesperada. Lanzarini veio a óbito no Hospital do Coração, em Dourados, depois de ser atingido por disparos de arma de fogo, pelo funcionário.

Riedel emitiu nota de pesar e disse estar perplexo com a violência sofrida por Lanzarini e que não tinha palavras para descrever sobre o caso. “Neste momento difícil não há muito o que dizer. Estamos perplexos, tentamos entender as razões pra isso ter acontecido de forma tão abrupta e inesperada, questionamos isso ou aquilo, mas não encontramos respostas”.

O secretário de Governo diz ainda que o amigo foi exemplar em vida. “Sabemos que a vida seguirá seu curso, se  encarregará  de nos trazer novos desafios, novos horizontes, mas ela sempre nos fará lembrar da pessoa do Dirceu, um amigo leal, um companheiro fiel e, acima de tudo, um homem público muito comprometido e dedicado com Mato Grosso do Sul. É com muita saudade que vamos lembrar da figura humana exemplar que ele foi, dono de uma personalidade única e sensatez admirável”, lamentou Eduardo Corrêa Riedel.

Leia Também

Marquinhos lamenta desrespeito nos ônibus e Consórcio garante: 'só passageiros sentados'
Cidade Morena
Marquinhos lamenta desrespeito nos ônibus e Consórcio garante: 'só passageiros sentados'
'Tá tudo certo entre nós. Parabéns ao ministro', diz Bolsonaro após reunião com Mandetta
Geral
'Tá tudo certo entre nós. Parabéns ao ministro', diz Bolsonaro após reunião com Mandetta
TAPA NO VISUAL: salões de beleza vão reabrir, mas com regras, anuncia Marquinhos Trad
Cidade Morena
TAPA NO VISUAL: salões de beleza vão reabrir, mas com regras, anuncia Marquinhos Trad
Brasil tem 800 mortes e 15.927 casos confirmados de coronavírus
Saúde
Brasil tem 800 mortes e 15.927 casos confirmados de coronavírus