Menu
sexta, 23 de outubro de 2020
Geral

Tá podendo: aprovação de Bolsonaro sobe entre quem recebe auxilio emergencial

Alta foi de 5% em relação ao levantamento feito no final de agosto e começo de setembro

18 setembro 2020 - 21h11Por Thiago de Souza

A aprovação de Jair Bolsonaro subiu 5% entre aqueles que recebem ou que vão receber auxílio emergencial do Governo. No levantamento feito de 14 a 16 de setembro, o índice de quem aprova a gestão é de 55%. O levantamento anterior, feito de 31 de agosto a 2 de setembro.  

Segundo o Poder 360, a desaprovação do governo entre quem recebe o benefício ficou em 36% –oscilação negativa no limite da margem de erro, de 2 pontos percentuais.

Também houve piora na percepção do grupo que não se enquadra nas condições para receber o auxílio. Nessa parcela da população, os que aprovam o governo passaram de 46% para 39% de uma pesquisa a outra. A desaprovação foi de 44% para 57%.

Trabalho de Bolsonaro

A pesquisa questinou também aos beneficiários, como eles avaliam o trabalho individual do presidente. Bolsonaro é aprovado (classificado como “ótimo” ou “bom”) por 43% dos beneficiários do auxílio emergencial. O percentual era de 36% há duas semanas –alta de 7 pontos percentuais. A taxa é maior que a da média nacional (38%).

A proporção dos que recebem o benefício e acham o trabalho de Bolsonaro “ruim” ou “péssimo” variou de 33% para 29%, dentro da margem de erro.

Leia Também

Homem encerra trabalhos em obra e morre dentro de elevador em Campo Grande
Polícia
Homem encerra trabalhos em obra e morre dentro de elevador em Campo Grande
'Sextou' com previsão de chuva e máxima de 36ºC no Estado
Cidades
'Sextou' com previsão de chuva e máxima de 36ºC no Estado
Sexta-feira é dia de visita a bairros para candidatos a prefeito de Campo Grande
Cidade Morena
Sexta-feira é dia de visita a bairros para candidatos a prefeito de Campo Grande
Assassino que colocou fogo em corpo vai responder só por lesão corporal
Polícia
Assassino que colocou fogo em corpo vai responder só por lesão corporal