tce janeiro
Menu
quinta, 27 de janeiro de 2022 Campo Grande/MS
Geral

Técnico de enfermagem é preso por estuprar colegas dentro de hospital

Ele aproveitava quando suas colegas de trabalho estavam dormindo para passar a mão nas partes íntimas delas

05 dezembro 2021 - 16h46Por Dany Nascimento

A Polícia Civil cumpriu um mandado de prisão temporária e prendeu um técnico em enfermagem de 46 anos, acusado de importunação sexual e estupro de vulnerável, na noite de ontem (4), na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Peruíbe, no litoral de São Paulo. 

As denúncias apontam que ele aproveitava quando suas colegas de trabalho estavam dormindo para passar a mão nas partes íntimas delas.

Conforme o g1, os crimes acontecem desde 2018. As denúncias apontam que o suspeito esperava as colegas de equipe, técnicas de enfermagem e enfermeiras, dormirem para passar a mão nas partes íntimas delas, como seios, nádegas e genitais.

Até o momento, pelo menos cinco vítimas foram identificadas. A investigação apontou, também, que o técnico teria encostado seu órgão genital nas mãos de uma paciente de 55 anos durante atendimento, mas a Polícia Civil ainda não conseguiu localizá-la.

Ele começou a ser investigado pela Delegacia da Mulher após a denúncia de uma das enfermeiras. 

Os crimes aconteceram na UPA de Peruíbe, no período noturno e na área de descanso dos profissionais. 

Como as mulheres estavam sempre dormindo nos momentos dos ataques, ele se aproveitava do sono profundo para que elas não resistissem ou pudessem se defender dos atos libidinosos.

O suspeito foi encaminhado até a Cadeia Pública de Peruíbe, onde permanecerá preso até o fim das investigações, que correm sob segredo de Justiça. Ele ainda não prestou depoimento. 

A Polícia Civil espera que, com a divulgação da prisão, novas vítimas se apresentem e prestem depoimento.