CORUMBÁ 21 A 23/06/21
TCE 21 a 27/06/2021
Menu
terça, 22 de junho de 2021
MEDIDAS RESTRITIVAS 19/06 a 30/06/2021
Geral

Trote com calouros obrigados a simular sexo gera enxurrada de críticas

A instituição de ensino afirmou que não compactua com trotes violentos e humilhantes e que tomará providências junto aos organizadores do evento

16 fevereiro 2019 - 07h30Por Da redação / Isto É

Um trote com calouros aplicado por estudantes de Odontologia da Universidade do Oeste de Santa Catarina (Unoesc), em Joaçaba, está gerando muita repercussão na região nas redes sociais. As imagens mostram estudantes simulando atos sexuais uns com os outros. As informações são do G1.

O caso aconteceu fora da Unoesc, mas a instituição repudiou o ato e disse que vai tomar as providências administrativas com os organizadores. O Diretório Central dos Estudantes (DCE) afirmou que o caso aconteceu na última quarta-feira (13), por volta do meio-dia. O DCE afirma que é contra o trote coercitivo, humilhante e com teores machistas.

“Esperamos que fatos assim não ocorrem mais e, se tornarem a ocorrer, trataremos de penalizar os envolvidos com a exclusão dos eventos organizadores pelo DCE”, afirmou o diretório em comunicado.

A Unoesc também afirmou que não compactua com trotes violentos e humilhantes e que tomará providências junto aos organizadores do evento. A atlética do curso de Odontologia, em nota, pediu desculpas pelo caso. “Gostaríamos de pedir desculpas aos calouros pelo acontecido de ontem”.