Menu
domingo, 20 de setembro de 2020
In Memoriam

Corpo do cantor Gabriel Diniz é velado em João Pessoa

Cantor morreu em acidente aéreo nesta segunda-feira

28 maio 2019 - 09h48Por Da redação/Meia Hora

O corpo do cantor Gabriel Diniz é velado no ginásio de esportes Ronaldão, no bairro do Cristo Redentor, em João Pessoa, nesta terça-feira. Inicialmente, o velório foi fechado apenas para amigos e familiares. A cerimônia foi aberta ao público às 8h. Alguns fãs aguardavam para se despedir do cantor desde a madrugada.

O sepultamento de Gabriel Diniz será realizado na tarde desta terça e será restrito apenas aos familiares. Gabriel Diniz, conhecido pelo sucesso "Jenifer", morreu na queda de um avião de pequeno porte na segunda. Ele fazia o trajeto de Salvador para Maceió, onde o cantor iria comemorar o aniversário da namorada, Karoline Calheiros.

Outras duas pessoas, Linaldo Xavier e Abraão Farias, morreram no acidente. Eles eram pilotos e diretores do Aeroclube de Alagoas. O cantor Matheus, da dupla Matheus e Kauan, a youtuber Gkay e o humorista Renan da Resenha estiveram no velório para se despedir do cantor.

Fãs madrugam na fila

Os fãs de Gabriel Diniz começaram a chegar ao estádio do Ronaldão para o velório na madrugada desta terça-feira. A primeira parte da cerimônia, de 5h às 8h, foi apenas para amigos e familiares. Ao entrar no ginásio, os fãs passaram por uma fila para se aproximar do cantor. 

O padre Luiz Carlos vai celebrar uma missa, também aberta ao público, às 15h. O corpo seguirá em cortejo em carro aberto do Corpo de Bombeiros para o Cemitério Parque das Acácias, no bairro José Américo, às 16h. O sepultamento será restrito apenas aos familiares.

 

Leia Também

Prefeito em MS ameaça dar tiro em bolsonaristas
Polícia
Prefeito em MS ameaça dar tiro em bolsonaristas
Chuva pode dar as caras já neste sábado e no domingo em Campo Grande
Cidade Morena
Chuva pode dar as caras já neste sábado e no domingo em Campo Grande
Brasil tem 739 mortes pela covid-19 em 24 horas, diz Ministério da Saúde
Geral
Brasil tem 739 mortes pela covid-19 em 24 horas, diz Ministério da Saúde
Saudade é tanta, que um ano após perder o filho, Thayelle ainda escuta Miguel chamar
Entrevistas
Saudade é tanta, que um ano após perder o filho, Thayelle ainda escuta Miguel chamar