Menu
sábado, 25 de setembro de 2021 Campo Grande/MS
In Memoriam

Morto ao defender amiga, Rondinelli deixa história de heroísmo no Santo Eugênio

Ele e a amiga pararam em uma conveniência quando dois homens a importunaram; ele foi esfaqueado até a morte

06 setembro 2021 - 11h00Por Nathalia Pelzl

Rondinelli Ramires Mercado, 34 anos, foi morto a golpes de faca após se envolver em uma confusão em uma conveniência do bairro Santo Eugênio, em Campo Grande.

Ele morreu, na noite de sábado (4). Apesar do perfil fechado no Facebook, amigos e conhecidos lamentaram a morte violenta na postagem da matéria no perfil do TopMídiaNews

“Muito triste, só Deus para confortar todos da sua família meu compadre. Vai em paz aqui ficam as lembranças”, escreveu Carmem Mascarenha, acompanhada por outra amiga. 

“Não dá para acreditar”, escreveu. 

Ainda na postagem, uma internauta lamentou o número de mortos neste começo do mês, vítimas de arma branca. 

“Misericórdia outra morte por facada??? Onde vamos parar??”, lamentou. Só neste mês, em Campo Grande, mais de 3 homicídios por facada foram registrados. 

Entenda

Segundo informações do boletim de ocorrência, Rondinelli ingeria bebida alcoólica com uma amiga momentos antes e se deslocou até uma conveniência para buscar mais bebida quando dois homens incomodaram a mulher. 

Ele interferiu para defender a amiga. Nisso, Rondinelli acabou sendo agredido e perfurado com canivete por dois homens. 

Informações extraoficiais constam que a vítima fatal foi ao local somente para comprar bebidas com a colega, mas foi assassinado.

A Polícia investiga o caso.