FIEMS JUNHO

sábado, 22 de junho de 2024

Busca

sábado, 22 de junho de 2024

Link WhatsApp

Entre em nosso grupo

2

WhatsApp Top Mídia News
Interior

há 1 mês

Água tá cara? Fábricas usam bilhões de litros sem pagar um centavo em MS

Suzano, gigante da celulose, usou 142,6 bilhões de litros em Três Lagoas

Reportagem especial sobre uso da água por fábricas e corporações mostra que unidades no Mato Grosso do Sul utilizam bilhões de litros de água por ano, sem pagar nada por isso. 

O texto é do site ''A Publica'', que revelou que a maior parte do Brasil não cobra pelo uso de água, mesmo o recurso sendo fundamental para o funcionamento de negócios empresariais bilionários no País.  

A matéria listou 44 empresas que mais captaram água em 2022 no Brasil. Essas fábricas pagaram, em média, 5 centavos para cada 10 mil litros de água. 

Fábrica usa bilhões de litros em Três LagoasSuzano diz que faz uso eficiente da água na produção (Foto: reprodução site Suzano)

MS 

Ainda segundo A Publica, entre as campeãs de captação de água estão as grandes empresas do agro, como as do setor sucroalcooleiro e de papel e celulose. 

O estado, reflete o site, concentra outorgas das gigantes de papel e celulose, com volume anual de 334,2 bilhões de litros, segundo levantamento da reportagem. Apesar disso, MS não é abrangido por nenhum comitê de bacia interestadual, por isso as empresas que usam água de fontes federais não pagam nada. 

A empresa Suzano, uma das líderes mundiais do setor, foi citada como a que mais capta água e que mais pagou por ela em outras unidades da federação. Porém, nada foi pago pelos 142,6 bilhões de litros de água autorizados para captação em Três Lagoas, onde está a maior parte da produção da empresa.

Isso ocorre, apurou a reportagem, porque a empresa está distribuída em várias partes do país e apenas em algumas delas há comitês de bacia com cobrança instituída. O valor foi pago a três comitês, sendo a maior fatia - R$ 8,3 milhões - para o comitê do rio Doce, corpo hídrico em que está localizada a maior outorga individual da Suzano.  

A Suzano afirmou que “que suas unidades operacionais captam volumes de água abaixo das outorgas concedidas” e que isso seria resultado do que a empresa chamou de “operação ecoeficiente de seus processos industriais”. 

Disse também que ''está comprometida em seguir as melhores práticas de mercado para reduzir o consumo de água''. A companhia apontou que ''possui representantes em todos os Comitês de Bacia existentes nas regiões onde opera, e cumpre integralmente todos os compromissos estabelecidos pelos Comitês, apoiando ativamente iniciativas determinadas, com ênfase na disponibilidade e qualidade dos recursos hídricos''.

 

Loading

Carregando Comentários...

Veja também

Ver Mais notícias
AMIGOS DA CIDADE MORENA ABRIL NOVEMBRO