Menu
sexta, 25 de setembro de 2020
Interior

Depois da alegria dos blocos sujos, Corumbá se prepara para o desfile das escolas de samba

A partir de hoje começa o desfile das escolas de samba

02 março 2019 - 12h29Por Da redação / PortalMS

A cidade mais carnavalesca do interior do Brasil mostrou sua força e sua irreverência na noite desta sexta-feira, com a descida do Bloco Cibalena, que há mais de 40 anos anima e traduz a folia pantaneira pelas ruas da cidade. O desfile do bloco, que arrastou mais de 25 mil pessoas, também fechou uma etapa do carnaval de Corumbá: a participação despretensiosa dos blocos sujos, sem se preocupar com cronometragem, apenas em alegrar a festa.

A partir deste sábado (2), começa a parte técnica, a disputa por décimos, entre blocos oficiais e escolas de samba. Uma rivalidade que se acirra na passarela de samba da Avenida General Rondon, onde a prefeitura, com o apoio do Governo do Estado, montou uma estrutura de camarotes, palco para shows com banda, arquibancadas e praça de alimentação. A cidade respira carnaval e recebe milhares de turistas, lotando a rede hoteleira.

Hoje é dia dos blocos oficiais. Onze agremiações entram na avenida, a partir das 20h, pela ordem: Oliveira Somos Nós, Águia da Vila, Afro Samba Reggae, Praia Bola e Cerveja, Flor de Abacate, Nação Zumbi, Bola Preta, Arthur Marinho, Os Intocáveis, Clube dos Cem e Vitória Régia. As dez escolas de samba desfilam no domingo e segunda-feira, em um grupo apenas, não havendo o critério de acesso e descesso, que será mantido para 2020.

Roda de samba

O carnaval corumbaense começou, efetivamente, no dia 17 de fevereiro, com a primeira roda de samba no Porto Geral. O evento, que será realizado neste sábado, reúne os principais ritmistas que integram as agremiações carnavalescas e atrai centenas de pessoas à beira do Rio Paraguai. A programação de hoje inclui ainda baile infantil, no distrito de Albuquerque, às 17h, e show no palco central, armado na Praça Generoso Ponce.

A descida do Bloco Cibalena levou um grande público na passarela do samba, de todas as idades. Com o forte calor, sem previsão de chuva, corumbaenses e turistas ocuparam as arquibancadas e camarotes aguardando a saída do bloco, que passou na avenida já nos primeiros minutos de sábado. Foi um desfile tranquilo, onde homens e mulheres se vestiam com muita criatividade e cumplicidade, sem preconceitos e discriminações.

Leia Também

Resultado negativo da Covid-19 faz Julia chorar de alívio e matar a saudade da 'vó mãe'
Cidade Morena
Resultado negativo da Covid-19 faz Julia chorar de alívio e matar a saudade da 'vó mãe'
Reme ainda não tem prazo para retorno das aulas presenciais
Cidade Morena
Reme ainda não tem prazo para retorno das aulas presenciais
Caminhoneiro morre ao capotar veículo na serra de Maracaju
Interior
Caminhoneiro morre ao capotar veículo na serra de Maracaju
Prefeitura libera apresentações de artistas de fora e festas em condomínios
Cidade Morena
Prefeitura libera apresentações de artistas de fora e festas em condomínios