TCE JUNHO 2022
TOP MIDIA INSTITUCIONAL
Menu
terça, 28 de junho de 2022 Campo Grande/MS
GOV ENERGIA ZERO JUNHO 2022
GOV CRESCIMENTO JUNHO 2022
GOV CRESCIMENTO JUNHO 2022
Interior

Fechamento da JBS deve deixar 320 funcionários sem emprego em Ponta Porã

Empresa que é destaque mundial já deu férias coletivas de três meses, diz site local

07 abril 2022 - 19h12Por Thiago de Souza

O fechamento de uma unidade do JBS em Ponta Porã, deve levar à demissão de cerca de 320 trabalhadores. A empresa começou a abater bovinos na região de fronteira há dez anos. 

Segundo o Brasiguaio News, a expectativa que a empresa feche oficialmente nos próximos dias. O grupo, um dos maiores do mundo, tinha dado férias coletivas de três meses para os trabalhadores. 

O site local divulgou um áudio, onde um suposto colaborador, avisa os colegas sobre o fechamento da unidade na fronteira. O trabalhador diz que tinha acabado de sair de uma reunião, onde a decisão teria tomada. 

O autor do áudio, que não teve o nome revelado na gravação, garante que ninguém ficará sem receber os direitos trabalhistas. 

O Brasiguaio News destacou que as plantas da JBS processam  21 mil animais por dia. 

O que diz a JBS 

Em nota, a JBS comunicou que "decidiu concentrar a produção de carne bovina em suas demais unidades no estado do Mato Grosso do Sul".

"Aos colaboradores que trabalham na planta de Ponta Porã, a companhia abriu a possibilidade de transferência para as unidades de Anastácio, Naviraí e Nova Andradina, oferecendo uma ajuda de custo para a mudança. A Companhia tem prestado toda a assistência necessária, seguindo a legislação vigente", finaliza.

 

* Matéria editada às 10h42 de 8/4 para correções