Menu
sábado, 28 de maio de 2022 Campo Grande/MS
TOP MIDIA INSTITUCIONAL SUPER BANNER
Interior

Homem de 35 anos é encontrado morto dentro de casa

Vítima morava em uma edícula nos fundos da casa da mãe

27 agosto 2018 - 11h15Por Nova News

Na manhã desta segunda-feira (27), um homem de 35 anos, identificado como Edvan Soares Gonçalves, foi encontrado morto no banheiro de sua residência, localizada na Rua São Francisco, Vila Santo Antônio, em Nova Andradina.

Segundo relato de vizinhos, a vítima morava em uma edícula nos fundos da casa da mãe. Conforme apurado pelo Nova News, o homem trabalhava em um frigorífico, sendo que, como estava demorando para sair para o trabalho, sua mãe resolveu ver o que estava acontecendo.

A mulher encontrou o filho morto dentro do banheiro. Pela cena, é possível afirmar que Edvan tenha atentado contra a própria vida, porém, as autoridades deverão apurar as reais circunstâncias da morte. Alguns vizinhos ouvidos pelo Nova News relataram que o homem estava transtornado devido ao fim de um relacionamento amoroso.

A ocorrência mobilizou equipes da Polícia Militar, Corpo de Bombeiros e Núcleo de Perícias da Polícia Civil.

Valorização da vida

O suicídio representa uma parcela expressiva do número de óbitos registrados no Brasil e no mundo e, neste contexto, é considerado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) como um problema de saúde pública. Para prevenir estas situações, existe o Centro de Valorização da Vida (CVV).

Fundado em São Paulo, em 1962, o CVV é uma associação civil sem fins lucrativos, filantrópica, reconhecida como de Utilidade Pública Federal, desde 1973. Presta serviço voluntário e gratuito de apoio emocional e prevenção do suicídio para todas as pessoas que querem e precisam conversar, sob total sigilo e anonimato.

Os contatos com o CVV são feitos pelos telefones 188 (24h e sem custo de ligação) ou 141 (nos estados da Bahia, Maranhão, Pará e Paraná), pessoalmente (nos 89 postos de atendimento) ou pelo site www.cvv.org.br, por do meio chat e-mail. Nestes canais, são realizados mais de 2 milhões de atendimentos anuais, por aproximadamente 2.400 voluntários, localizados em 19 estados mais o Distrito Federal.