TJMS JANEIRO
Menu
quinta, 20 de janeiro de 2022 Campo Grande/MS
Interior

Idosa pede indenização de R$ 150 mil por filho morto em cela de presídio em Dourados

Ele estava preso por furtar uma bicicleta e um botijão de gás

06 outubro 2021 - 11h28Por Dany Nascimento

Uma idosa de 68 anos entrou na justiça após tomar conhecimento de que seu filho, de 29 anos, que estava preso na Penitenciário Estadual Harry Amorim Costa, localizada na Rodovia BR 163, Km 15, Zona Rural da cidade de Dourados, morreu enforcado dentro de uma cela.

O rapaz estava preso por furtar uma bicicleta e um botijão de gás de uma residência no município. 

No dia 19 de julho de 2018, a mãe recebeu a notícia da morte do detento. A certidão de óbito apontou que a causa da morte aconteceu por meio de asfixia complexa, enforcamento.

Apontando negligência do estado, que por ter um detento sob sua tutela, caberia a ele proporcionar a infraestrutura necessária para fins de garantir que fossem atendidas todas as necessidades básicas do falecido, tais como saúde, segurança, comodidade, alimentação, entre outros. 

A genitora solicita indenização pela morte do filho no valor de R$ 150 mil.