Menu
Busca quarta, 08 de abril de 2020
corona 2
Interior

Mulher cansa de apanhar e mata marido a facadas em assentamento

Ela disse que cansou de ser obrigada a fazer sexo anal com ele: “ele queira fazer amor por trás”

24 fevereiro 2020 - 07h37Por Dany Nascimento

Valdeir Barbosa de Souza, 29 anos, foi assassinado a facadas na noite de ontem  (23), pela esposa Roseli Aquino, 37 anos, no assentamento indígena da BR 163, próximo ao restaurante Kanoa, em Dourados.

O crime aconteceu dentro da casa do casal. Segundo o Dourados Agora, a mulher confessou que matou o esposo, alegando que não estava mais suportando as atitudes do marido que a forçava a praticar sexo anal. Ela disse, ainda, que ele bebia e ficava agressivo.

 A suspeita foi encaminhada para a Delegacia de Polícia Civil.

Leia Também

'Tá tudo certo entre nós. Parabéns ao ministro', diz Bolsonaro após reunião com Mandetta
Geral
'Tá tudo certo entre nós. Parabéns ao ministro', diz Bolsonaro após reunião com Mandetta
TAPA NO VISUAL: salões de beleza vão reabrir, mas com regras, anuncia Marquinhos Trad
Cidade Morena
TAPA NO VISUAL: salões de beleza vão reabrir, mas com regras, anuncia Marquinhos Trad
Brasil tem 800 mortes e 15.927 casos confirmados de coronavírus
Saúde
Brasil tem 800 mortes e 15.927 casos confirmados de coronavírus
Curado do coronavírus, senador Nelsinho já participa de sessões virtuais do Senado
Política
Curado do coronavírus, senador Nelsinho já participa de sessões virtuais do Senado