Menu
Busca domingo, 08 de dezembro de 2019
Interior

Polícia Civil desarticula comércio ilegal de armas e apreende arsenal em MS

Um homem e uma mulher foram presos durante a ação

24 setembro 2019 - 13h53Por Da Redação Dourados Agora

A Polícia Civil, por meio do SIG (Serviço de Investigação Geral) de Dourados, apreendeu um arsenal composto por seis armas de fogo, dentre elas um fuzil calibre 7.62, uma espingarda calibre 12 e uma calibre 357, vasta quantidade de munição e efetuou a prisão de um homem e uma mulher, por comércio ilegal de arma de fogo.

Na noite da última sexta-feira (20) o SIG recebeu informação de que um homem por nome de 'Henrique' estaria negociando a venda de armas de fogo. Assim, um comprador, morador em uma cidade próxima a Dourados, viria no sábado (21) adquirir um fuzil calibre 7.62, revólveres e pistolas.

De acordo com delegado Rodolfo Daltro, as investigações apontaram o vendedor das armas como sendo H. O. R., de 30 anos. Desde as primeiras horas do sábado o SIG passou a realizar diligências visando identificar onde estariam guardadas as armas de fogo a serem comercializadas.

Por volta das 8h30 o SIG identificou H. O. R. parado às margens de uma estrada, aguardando o comprador das armas. Passados cerca de 40 minutos o suspeito saiu das margens da estrada, aparentando ter alterado o local onde encontraria o comprador das armas, dirigindo-se para a área central de Dourados. Ao parar o seu carro e adentrar em uma residência localizada na Rua Fernando Ferrari, na Vila Industrial, H. O. R. foi abordado pelo SIG.

Ao ser questionado sobre as armas ele relatou que estavam no interior do imóvel. Realizadas as buscas, foram encontradas sobre uma cama uma espingarda calibre 12, um fuzil calibre 7.62, uma espingarda calibre 357, uma calibre 28 e uma 20. Em uma caixa de madeira localizada no chão foi encontrada grande quantidade de munição de diversos calibres, tais como 7.62. 12, .40, .38 e .28.

No imóvel encontrava-se a moradora E.C.S, em cujo quarto foram apreendidas as armas e munições, sendo ela também presa em flagrante, juntamente com H. O. R., pela prática do crime de comércio ilegal de armas de fogo e munições.

Em continuidade às diligências o SIG deslocou-se até o Distrito de Panambi, onde moraria mais um possível envolvido na venda de armas. O acusado não foi encontrado na residência, porém, no local foi apreendido um revólver calibre.38, municiado.

H. O. R. e E.C.S foram presos em flagrante pela prática do criem de comércio ilegal de armas de fogo e representado pela decretação da Prisão Preventiva desses indivíduos. Igualmente, foi representado pela decretação da Prisão Preventiva do indivíduo possivelmente envolvido na venda de armas, residente no Distrito de Panambi. Ontem (23) foi concedida a liberdade provisória de E.C.S e decretada a preventiva de H.O.C.