TCE SETEMBRO
Menu
sexta, 24 de setembro de 2021 Campo Grande/MS
Interior

Prefeito pede reforço do Batalhão de Choque para manter lockdown em Dourados

A comunidade indígena promete protesto nesta segunda-feira

31 maio 2021 - 10h06Por Dany Nascimento

O prefeito Alan Guedes (PP) pediu reforço policial para a aplicação de medidas mais duras em relação a restrição do movimento de pessoas no município de Dourados, que decretou lockdown por conta da pandemia da Covid-19.

De acordo com o site Dourados News, o Batalhão de Choque da Capital está sendo requisitado junto à Sejusp (Secretaria estadual de Justiça e Segurança Pública) para se somar aos esforços que vem sendo empreendidos pelas Guarda Municipal de Dourados e a Polícia Militar da cidade, em conjunto com equipes de Ponta Porã e Nova Andradina que se dispuseram a colaborar, diante de tantas denúncias recebidas de infrações ao decreto.

Agentes da Guarda Municipal revelaram que, só no primeiro dia do endurecimento das medidas de controle à propagação da Covid-19, mais de 50 denúncias foram recebidas, inclusive de estabelecimentos comercializando bebida alcoólica, festinhas clandestinas e até a tentativa de abertura de uma grande loja de departamentos, a Havan, flagrada logo pela m

No começo da noite de ontem (30), o cacique Izael Morales, da aldeia Jaguapiru, usou as redes sociais para convocar a comunidade indígena a um protesto que está sendo marcado para a partir das 13 horas desta segunda-feira (31).

“Se até lá o MPF (Ministério Público Federal) não der uma solução para esse problema, de aglomeração de pessoas na rotatória de entrada da reserva, de pessoas que se reúnem para promover algazarras, quebrar garrafas, furar pneus de carros e bicicletas, e a culpa fica pra nós”. 

Prefeito de Dourados pede reforço policial ao receber ameaça de fechamento de rodovia.