TJMS JANEIRO
Menu
quinta, 20 de janeiro de 2022 Campo Grande/MS
Interior

Presidente do Paraguai visita local de confronto com mortes na fronteira

Mario Abdo se mostrou contente que entre os mortos estão apenas os guerrilheiros

20 novembro 2021 - 10h25Por Vinicius Costa

Após a FTC (Força-Tarefa Conjunta) matar quatro guerrilheiros membros de uma organização criminosa atuante no Paraguai, país fronteiriço com o Brasil e principalmente Mato Grosso do Sul, o presidente do Paraguai, Mario Abdo Benítez visitou a área de conflito.

De primeiro momento, ele não quis conversar sobre o episódio, mas se mostrou contente que entre os mortos estão apenas guerrilheiros.

Os mortos foram identificados neste sábado (20), sendo Elizandro Balbuena Mariz, de 21 anos, Fredy Florenciano Campuzano, de 19 anos, Emiliano Romero Valiente, de 23 anos, e Víctor Mariz Dominguez, de 51 anos.

Segundo o comissário Nimio Cardozo, da Unidade Antissequestro da Polícia Nacional, o grupo criminoso pode estar envolvido diretamente na morte de Jorge Manuel Ríos, de 23 anos, sequestrado e morto no dia 3 de julho deste ano.

O conflito entre as forças de segurança e o grupo criminoso aconteceu na região de José Félix López, também conhecido como Puentesiño, no departamento de Concepción, próximo à fronteira com o estado sul-mato-grossense.