TCE SETEMBRO
Menu
terça, 28 de setembro de 2021 Campo Grande/MS
Interior

Sobrinha diz que matou tio para defender pai que seria esfaqueado em Sidrolândia

Ela afirma que a vítima pegou uma faca para esfaquear seu pai após uma discussão

01 agosto 2021 - 15h32Por Dany Nascimento

A mulher de 48 anos, acusada de matar o tio Justino Morale, 65 anos, com marteladas no município de Sidrolândia, disse que matou a vítima para defender o pai.

Ela afirma que a vítima estava ingerindo bebida alcóolica com os familiares e teria se apossado de uma faca para acertar seu pai. 

A acusada alega que pegou um martelo e desferiu o primeiro golpe para impedir que o pai foi esfaqueado. A mulher diz que desferiu diversos golpes, até matar Justino. 

Com a ajuda do namorado, ela cavou uma cova e enterrou Justino no quintal de uma residência, na Rua Tomas Cáceres do Bairro São Bento.

Após uma denúncia anônima, os policiais foram até o local e abordaram a sobrinha. Ela confessou o crime e foi presa. 

A sobrinha indicou o local onde o corpo foi enterrado. Os policiais cavaram e encontraram o corpo no quintal da casa.

De acordo com o site Sidrolândia News, a mulher e o namorado foram presos em flagrante por homicídio e ocultação de cadáver.