A+ A-

quarta, 22 de maio de 2024

Busca

quarta, 22 de maio de 2024

Link WhatsApp

Entre em nosso grupo

2

WhatsApp Top Mídia News
Interior

27/08/2017 13:47

A+ A-

Trio é preso após forjar sequestro e exigir R$ 80 mil de empresário

Suspeitos são dois bolivianos e um brasileiro

Três homens, sendo dois bolivianos e um brasileiro, foram presos, na noite desse sábado (26), em Corumbá. O trio forjou um sequestro para conseguir até R$ 80 mil de um empresário, que seria patrão de um deles.

Conforme registro policial, equipes do Garras (Grupo Armado de Resgate e Repressão a Assaltos e Sequestros) e do SIG (Setor de Investigações Gerais da 1ª Delegacia de Polícia Civil de Corumbá) investigavam o sequestro do boliviano Cristhian Camilo Lopes Wilkin,21.

Antes de ser pego pelos 'sequestradores' ele  vinha relatando ao patrão que estaria sendo ameaçado e disse que 'pessoas' estavam pedindo R$ 40 mil para que dois bolivianos pudessem trabalhar na região.

No entanto, a história era mentira e contou com a participação de outro boliviano, Alexander Villa Escudero,32 e do brasileiro Ivan Luiz Ribeiro,36, que foi usado para se comunicar com o empresário, já que os demais não falam português.

A ideia do “falso sequestro” teria partido de Alexander, que propôs o plano a Cristhian, porque segundo eles informaram aos policiais, o patrão teria dinheiro. Conforme a Polícia Civil, as exigências para a libertação de Cristhian começaram com R$ 20 mil, passou para R$ 40 mil e por fim R$ 80 mil.

No decorrer das investigações, as equipes policiais prenderam um dos indivíduos no bairro Aeroporto. Depois dessa primeira prisão, a polícia chegou até os outros dois envolvidos.

Presos em flagrante, eles confessaram a prática do crime e foram encaminhados para a Delegacia de Policia Civil acusados de extorsão e associação criminosa. Nesta semana, devem ser encaminhados para o Estabalecimento Penal Masculino de Corumbá, conforme trouxe o Diário Corumbaense.

Loading

Carregando Comentários...

Veja também

Ver Mais notícias
JARDIM VERANEIO MAIO E JUNHO DE 2024