TOP MIDIA INSTITUCIONAL
Menu
domingo, 26 de junho de 2022 Campo Grande/MS
GOV ENERGIA ZERO JUNHO 2022
GOV CRESCIMENTO JUNHO 2022
GOV CRESCIMENTO JUNHO 2022
Interior

Veículo levado durante sequestro é recuperado em Corumbá

O carro foi encontrado em um campo de futebol abandonado

07 janeiro 2022 - 12h06Por Dany Nascimento

O veículo Tracker, de cor azul, que pertence à diretora-adjunta da Escola Municipal José de Souza Damy, Roseli Nery de Andrade Bento, de 57 anos, foi recuperado pela Direção de Investigação e Prevenção ao Roubo de Veículos (Diprove).

Ela foi sequestrada junto com colega de trabalho, Renyer da Silva Ovando, de 33 anos, no final da tarde da última quarta-feira (5). As vítimas estavam na escola quando foram rendidos por três ladrões armados.

Segundo o site Diário Corumbaense, o carro foi encontrado em um campo de futebol abandonado, no bairro Conavi, local afastado da cidade fronteiriça de Puerto Suárez.

O comandante da Diprove, Luis Eduardo Suárez López, disse que as buscas iniciaram assim que eles foram informados do fato por policiais civis de Corumbá.

Os pontos de saída e entrada que dão acesso a região de fronteira e cidades próximas foram fechados.

“O controle em cada estrada foi intensificado e, então, encontramos o veículo. Estava com as portas abertas e abandonado neste bairro, que fica afastado da cidade.

Presumimos que os autores levariam o carro para outra região, mas como as vias foram fechadas, decidiram abandonar o veículo nessa área. Acionamos o laboratório especializado e identificamos o carro, que estava sem o GPS, foi retirado”, disse Luis Eduardo Suárez López que completou informando que “o carro será devolvido daqui uma semana, pois estamos na etapa ainda de investigação, na tentativa de chegarmos aos envolvidos”, disse o comandante.

Um preso

O delegado de Polícia Civil, Luca Venditto, que esteve na sede da Diprove junto com a professora Roseli, revelou que um dos autores, identificado pelas iniciais R.M.S.S., de 20 anos, foi preso nesta quinta-feira. Ele tem passagem pela Polícia por roubo. 

“Ele foi preso na rua Monte Castelo, bairro Popular Velha quase em frente à sede de uma rádio. Não foi ouvido, mas em entrevista formal confessou participação no crime. Ele falou que receberia um dinheiro por conta do ‘serviço’. Estamos levantando mais elementos. Temos imagens de segurança que podem ajudar”, explicou o delegado.