Menu
sábado, 26 de setembro de 2020
Interior

Vigia morre 22 dias após ser internado por acidente de trabalho com trator no Pantanal

Filha dele diz que durante as três semanas ninguém da empresa foi saber do funcionário

27 abril 2019 - 11h52Por Thiago de Souza

O vigia Esmeraldo Gomes, 58 anos, morreu nesta sexta-feira (26), 22 dias após ser internado em um hospital em Corumbá. Ele sofreu um acidente de trabalho na zona rural da cidade. 

Conforme o boletim de ocorrência, o homem saiu de casa no dia 4 de abril, por volta das 15h para trabalhar na região conhecida como Jacadigo. Ele, que atuava na empresa há cinco anos, não retornou após cumprir o expediente, como de costume. 

Conforme o Diário Corumbaense, a filha conta que ficou preocupada, mas pensou que o pai teria ficado no trabalho para substituir um colega, como ocorria às vezes. 

Ainda segundo a filha, só dois dias depois, em 6 de abril, o gerente da empresa foi até a residência onde a mulher mora informar que o pai havia sofrido acidente de trabalho com um trator e que estava no CTI da Santa Casa de Corumbá. 

Ao chegar no hospital, a mulher foi informada pela equipe médica que o pai havia sofrido politraumatismo e apresentava uma fratura no tornozelo direito.

A denunciante ainda revela que durante todo esse tempo, ninguém da empresa apareceu para saber sobre o estado de saúde do pai e que foi orientada pela equipe médica a registrar o BO na Delegacia de Polícia. 

Leia Também

Se cumprir medidas de segurança, Balneários de Corumbá podem voltar a funcionar
Interior
Se cumprir medidas de segurança, Balneários de Corumbá podem voltar a funcionar
Irmãos gêmeos são executados em quitinete na Mata do Jacinto
Polícia
Irmãos gêmeos são executados em quitinete na Mata do Jacinto
Carlos Eduardo foi terceira vítima da curva da morte na Salgado Filho
Cidade Morena
Carlos Eduardo foi terceira vítima da curva da morte na Salgado Filho
NA LATA: candidato guarda 1 milhão em dinheiro
Na Lata
NA LATA: candidato guarda 1 milhão em dinheiro