TCE Novembro
Menu
quarta, 01 de dezembro de 2021 Campo Grande/MS
CONSTRUINDO O SABER 29/11 A 29/12
Oportunidades

Senai e Exército preparam recrutas para o mercado trabalho

Iniciativa visa preparar o jovem para quando terminar o prazo no serviço militar

24 agosto 2018 - 11h25Por SENAI

Aos 18 anos, Alício da Silva ingressou no serviço militar como recruta ainda sem saber que teria a oportunidade de ter um curso de qualificação profissional pelo Senai. Atualmente, ele faz o curso de eletricista instalador residencial na Escola Senai da Construção, em Campo Grande, e surpreendeu-se com a qualidade do ensino. “Não imaginava que teria professores tão capacitados, com uma metodologia de ensino didática, que facilita nosso aprendizado”, afirmou.

Ele destaca que poder fazer o curso é uma forma de se preparar para o mercado de trabalho quando terminar o prazo no serviço militar. “Já sou eletricista no quartel e aqui já aprendi técnicas muito mais elaboradas. Depois de começar o curso, passei a fazer ainda mais coisas e agora terei uma profissão, com um certificado de uma instituição que tem credibilidade, que é o Senai”, completou.

Assim como Alício, Lucas Ferreira de Souza, de 21 anos, considera o curso de eletricista instalador residencial uma grande oportunidade. “Acho que esse curso é uma das maiores oportunidades que já tive até hoje na minha vida, porque ele está me preparando para as atividades no quartel e também para o mercado de trabalho, que está cada vez mais exigente. Além disso, agora vou ter um certificado para comprovar que sei fazer esse serviço”, ressaltou.

Os dois são beneficiados pelo projeto Soldado Cidadão, desenvolvido pelo Senai Nacional em parceria com o Ministério da Defesa para garantir a qualificação profissional gratuita a jovens que ingressam na carreira militar, e essa iniciativa é lembrada como forma de comemorar o Dia do Soldado, celebrado anualmente em 25 de agosto, que neste ano cai neste sábado.

No Brasil, o serviço militar é obrigatório desde 1908 e, todo homem com 18 anos de idade, deve se alistar no Exército Brasileiro, na Marinha ou na Aeronáutica, que pertencem ao Ministério de Defesa do Brasil. Só na Escola Senai da Construção o projeto conta neste ano com cinco turmas, o que representa 130 novos profissionais qualificados para o mercado de trabalho até o fim de outubro.

De acordo com o gerente da Escola Senai da Construção, Roger Benites, foram concluídas neste ano as turmas dos cursos de pintor de obras imobiliárias e instalador hidráulico. “Estamos com as turmas dos cursos de pedreiro de alvenaria, pedreiro de revestimento e eletricista instalador residencial. O objetivo é formar esses jovens para facilitar a inserção deles no mercado de trabalho. Nós acreditamos que a qualificação profissional vai contribuir para a transformação da vida deles”, declarou.

Ele completa que é importante salientar que essa formação profissional vem ao encontro com as necessidades da indústria por mão de obra qualificada. “Esses jovens têm demonstrado grande interesse por atuarem no segmento da indústria da construção civil, iniciando uma carreira promissora. Nesse sentido, o Senai busca fazer o seu trabalho de atender às demandas das empresas”, reforçou.

Para o coronel do Exército José Roberto de Mello Queiroz, que é assessor de cooperação e programas de projetos do CMO (Comando Militar do Oeste), a parceria com o Senai é importante, não apenas por capacitar os militares que estão desenvolvendo diversas funções no serviço militar, mas para preparar esses jovens para retornar ao mercado de trabalho capacitados e com experiência. “O projeto Soldado Cidadão tem como objetivo oferecer aos jovens incorporados às Forças Armadas oportunidades de formação complementar durante o serviço militar para que, após o período obrigatório, consigam ingressar no mercado de trabalho”, detalhou, destacando a estrutura oferecida pela Escola Senai da Construção.