tjms 18/01 a21/01/2021
Menu
segunda, 18 de janeiro de 2021
Covid 18/01 a 24/01
Polícia

Adolescente que usava fita adesiva para torturar filha de dois meses é apreendido

Criança está em estado grave na Santa Casa

02 dezembro 2020 - 08h11Por Nathalia Pelzl

Adolescente de 17 anos, pai de um bebê de um mês e 20 dias, confessou ter torturado a criança e informou que usou fita adesiva. O caso aconteceu em Nova Alvorada do Sul e chegou as autoridades policiais no dia 25 de novembro. 

A criança está internada na Santa Casa, com múltiplas fraturas pelo corpo. O caso está sendo investigado pela Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente (DEPCA). Em depoimento, o adolescente alegou que estava nervoso e agrediu a criança para que ela parasse de chorar.

Ainda segundo investigado, essa não seria a primeira agressão sofrida pela criança, que está internada no CTI (Centro de Tratamento Intensivo) do hospital com lesões na testa, nuca, e traumatismo craniano grave. 

Além disso, a vítima apresenta um trauma antigo na cabeça e rompimento no fígado. Uma tia tenta a guarda da criança com o Conselho Tutelar.