Menu
domingo, 28 de novembro de 2021 Campo Grande/MS
pmcg revia negocios
Polícia

Advogada de 'Senhor da Cocaína' é executada na fronteira

Laura Cardoso foi morta com quase 15 tiros; ela era advogada do narcotraficante Jarvis Pavão

13 novembro 2018 - 06h55Por Anna Gomes

Laura Casuso, 54 anos, advogada narcotraficante Jarvis Pavão, foi atacada com aproximadamente 20 disparos de pistola 9mm, dos quais, 14 teriam acertado a vítima noite desta segunda feira (12), no Bairro Maria Victoria em Pedro Juan Caballero, cidade que faz fronteira com Ponta Porã.

Segundo o site Porã News, os pistoleiros estavam em uma caminhonete Toyota Hilux de cor preta e realizaram os disparos contra a advogada que chegou a ser levada por amigos em estado grave ao Hospital Regional do município.

Em seguida, Laura foi levada para uma clínica particular, mas não resistiu aos ferimentos e acabou morrendo.

Agentes da Divisão de Homicídios e da Polícia Técnica com o apoio da promotora de justiça Sandra Dias, realizaram os procedimentos de rigor a fim de encontrar evidências que possam identificar os autores do atentado.

Jarvis Pavão

Considerado como ‘O Senhor das Drogas’ Pavão é natural de Ponta Porã, no Mato Grosso do Sul, uma das principais rotas de tráfico para o Brasil. Preso no Paraguai desde 2009, o traficante conseguiu chefiar  um esquema que fornecia cocaína proveniente da Bolívia, Peru e Colômbia para a região da Serra Gaúcha.

O esquema foi descoberto em uma ação da PF (Polícia Federal). Ele também é investigado pelo assassinato de outro traficante brasileiro, Jorge Rafaat, em junho de 2016.