(67) 99826-0686

Após sequestro, homem fica preso 24 horas em porta-malas na Capital

Sequestro Relâmpago

24 JAN 2014
Carlos Guessy
16h17min

Um homem de 30 anos procurou a Polícia Civil na tarde desta sexta-feira (24), relatando que foi vítima de um sequestro-relâmpago por volta das 13h50 da quinta-feira (23), na região do bairro Tiradentes, em Campo Grande. A vítima contou à polícia que teria sido sequestrado por dois homens, foi colocado no porta-malas do próprio veículo e só foi liberado após cerca de 24 horas depois.

De acordo com o delegado Weber Luciano de Medeiro, da 2ªDP, onde o boletim de ocorrência foi registrado, já foi pedida uma perícia no carro para ver se são identificadas digitais no veículo e o caso deve ser investigado pela Delegacia Especializada em Repressão a Roubo a Banco, Assaltos e Sequestros (Garras).

A vítima relatou aos policiais que estava em um veículo Ford Ka na rua Joaquim Murtinho, quando teria sido abordado por dois homens armados com um revólver. Ele teria sido colocado no porta-malas do veículo e pouco depois, outras três pessoas, sendo dois homens e uma mulher, teriam entraram no veículo.

Durante o trajeto, segundo a vítima, o grupo teria consumido drogas e realizado assaltos na Capital. Ele foi deixado no porta-malas do carro na região Hospital São Julião. Um dos suspeitos teria falado para a vítima “se virar para sair”. O homem só conseguiu se libertar por volta das 12 horas. A vítima também registrou o roubo de cartões de banco e documentos pessoais. O caso foi registrado como sequestro relâmpago.

Veja também