Menu
terça, 11 de agosto de 2020
Polícia

Rosemir matou esposa foi por não aceitar fim do relacionamento

Ele também atirou nos dois filhos e se matou em altar de igreja

12 julho 2020 - 19h48Por Vinícius Squinelo

Foi identificado como Rosemir Fernandes de Souza o homem que matou a ex-mulher a tiros, baleou duas crianças e se matou no altar da Igreja São José, em Dourados no início da noite deste domingo (12). A motivação seria o fato dele não aceitar o fim do relacionamento amoroso que manteve com a vítima.

A série de crimes começou na Rua Rangel Torres, na Vila Mari, periferia da maior e mais populosa cidade do interior de Mato Grosso do Sul. A informação foi confirmada pelo site local Dourados News.

Rosenildo não aceitava o fim do relacionamento com a ex-mulher e efetuou disparos de arma de fogo que tiraram a vida dela. Além disso, ele baleu duas crianças que precisaram ser socorridas e levadas até o Hospital da Vida.

Logo após cometer essa série de crimes, o homem foi até Igreja São José, entrou e caminhou até o altar, onde se matou disparando um tiro na própria cabeça.

Leia Também

No Dia do Advogado, profissional relembra trajetória e destaca amor incondicional pelo Direito
Dia Nacional do Advogado
No Dia do Advogado, profissional relembra trajetória e destaca amor incondicional pelo Direito
Clientes se aglomeram em fila de banco e um passa mal na avenida Bandeirantes
Cidade Morena
Clientes se aglomeram em fila de banco e um passa mal na avenida Bandeirantes
Grávida leva 22 facadas do marido e perde bebê no DF
Geral
Grávida leva 22 facadas do marido e perde bebê no DF
URGENTE: Marquinhos Trad proíbe consumo de bebidas em bares e locais públicos
Cidade Morena
URGENTE: Marquinhos Trad proíbe consumo de bebidas em bares e locais públicos