Menu
sábado, 15 de agosto de 2020
Polícia

Assassino de Carla diz que não lembra ter desovado corpo na esquina de casa

Ele mora ao lado da casa da jovem, que foi raptada e morta no bairro Tiradentes

15 julho 2020 - 10h16Por Dany Nascimento

Após assumir ter assassinado Carla Santana Magalhaes, 25 anos, Marcos André Vilalba Carvalho disse que não lembra ter levado o cadáver da jovem até a calçada onde o corpo foi encontrado.

De acordo com o delegado titular da Delegacia de Homicídios, Carlos Delano, ele guardou o cadáver em casa. Marcos disse que viu a movimentação na casa da jovem, já que os familiares estavam desesperados em busca de informações e foi trabalhar.

“A qualificação é de feminicídio, porque ela foi morta pela condição de ser mulher. Ele guardou o cadáver e desovou no local. É muito comum quem bebe relatar amnésia alcoólica, a psiquiatria diz que isso existe. Mas não vejo ele como inimputável, ele tem consciência dos atos dele e sabe o que ele fez”, disse o delegado.

Marcos não pertence a nenhuma facção criminosa. “Ele não tem envolvimento em outros crimes nem nada, é um sujeito que gosta de beber”, diz o delegado.

Leia Também

Padrasto mata enteada a tiros após discussão em Campo Grande
Polícia
Padrasto mata enteada a tiros após discussão em Campo Grande
Assaltante tenta fugir de abordagem, troca tiros com a polícia e morre em Campo Grande
Polícia
Assaltante tenta fugir de abordagem, troca tiros com a polícia e morre em Campo Grande
Chuva ameniza calorão e tempo seco neste sábado em MS
Cidades
Chuva ameniza calorão e tempo seco neste sábado em MS
Famoso por curas e libertações em MS, Padre Benedito nem come mais após ser 'encostado' pela Igreja
Cidades
Famoso por curas e libertações em MS, Padre Benedito nem come mais após ser 'encostado' pela Igreja