Menu
sexta, 18 de setembro de 2020
Polícia

Bolsonarista e pré-candidato a vereador é preso por espancar a namorada

O cabo da PM foi preso depois de quase matar a namorada de tanto bater

07 agosto 2020 - 12h44Por Rayani Santa Cruz

O pré-candidato a vereador pelo Patriota e cabo da Polícia Militar, Rui da Silva Nóbrega, mais conhecido como Cabo Rui, foi preso após espancar a namorada  no bairro dos Bancários, em João Pessoa, Paraíba.

Conforme o site Folha Impacto, o pré-candidato bolsonarista é assessor do deputado estadual Gilberto Silva (PSL) e tenta uma vaga na Câmara de João Pessoa.

Após denúncia das agressões uma equipe do 5º Batalhão da Polícia Militar foi ao local e conduziu o cabo da PM à Delegacia da Mulher, onde ele recebeu a autuação. Após isso, ele foi preso em uma das celas do 1º Batalhão.

O pré-candidato foi enquadrado na Lei Maria da Penha, além de injúria, ameaça e lesão corporal dolosa.

Esse ano, o bolsonarista chegou a invadir o Hospital Clementino Fraga, para supostamente “provar” que as Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) da unidade não estavam lotadas.

 

Leia Também

Bolsonaro defende volta às aulas e ataca professores: 'tá bom pra eles ficar em casa'
Geral
Bolsonaro defende volta às aulas e ataca professores: 'tá bom pra eles ficar em casa'
Jovem morre em Ponta Porã após aplicação estética em clínica clandestina no Paraguai
Hidrogel
Jovem morre em Ponta Porã após aplicação estética em clínica clandestina no Paraguai
Mais 829 brasileiros morrem de covid-19 nesta quinta-feira, diz Ministério da Saúde
Geral
Mais 829 brasileiros morrem de covid-19 nesta quinta-feira, diz Ministério da Saúde
Pantanal: bombeiros fazem intenso combate às queimadas no Porto da Manga
Cidades
Pantanal: bombeiros fazem intenso combate às queimadas no Porto da Manga