TJMS dezembro
Menu
Busca segunda, 09 de dezembro de 2019
Polícia

Brasileiro executado na fronteira era 'braço-direito' de megatraficante paraguaio

Vítima foi emboscada em uma Hilux ao passar por uma ponte

17 julho 2019 - 18h18Por Thiago de Souza

Emanuel Diaz Ecker, brasileiro morto com 11 tiros de pistola, na noite desta terça-feira (16), em Paranhos, era braço-direito do megatraficante paraguaio Fredy Ariel Irala Fernández, conhecido como ''Liko'i''. 

A vítima estava próxima da fronteira com o Paraguai quando foi emboscada, dentro de uma Hilux preta, na passagem de uma ponte. 

''Alemão'', como era conhecido, tinha ido para a cidade brasileira, onde vivem seus familiares, fugindo da polícia do país vizinho. O motivo seria que seu chefe, Liko´i, havia sido preso em ação da Polícia Nacional do Paraguai e Polícia Federal, uma semana antes. 

Ainda não há suspeitos pela execução.