Menu
domingo, 09 de maio de 2021
mais social 05 a09/05/2021
Polícia

Casos de feminicídios registram 100% de aumento em MS, diz governador

Neste primeiro quadrimestre 16 mulheres foram mortas vítimas de feminicidios no Estado

27 maio 2019 - 12h26Por Rodson Willyams

O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) disse, nesta segunda-feira (27), que os casos de feminicidios em Mato Grosso do Sul registram aumento de 100%. Todos os demais crimes,  incluindo homicídios dolosos, registram quedas consideráveis.

"Isso é muito preocupante", destacou o governador. E emendou, "precisamos quebrar essa cultura machista de agredir a companheira. Acabar com essas surdez coletiva. Em briga de marido e mulher, a gente mete a colher e liga para o 190. Você pode salvar uma vida".

Reinaldo ainda lembrou que o estado de Mato Grosso do Sul é pioneiro e foi o primeiro a receber a Casa da Mulher Brasileira em Campo Grande que funciona 24 horas para o atendimento à mulher. 

Luciana Azambuja, secretáriade Estado da Cidadania, lembrou que desde janeiro a abril de 2019. O Estado registrou 16 mortes de mulheres vítima de feminicidios. 

"São 16 mulheres em Mato Grosso do Sul com idades de 17 a 56 anos. Destas, quatro em Campo Grande e 12 no interior e mais 160 vítimas de tentativas de feminicidios. E hoje mais 500 mulheres estão com medidas protetivas. Então, é necessário ter engajamento de todos e mais efetivação de políticas públicas para as mulheres"