GOV AGEMS
Menu
quarta, 08 de dezembro de 2021 Campo Grande/MS
CONSTRUINDO O SABER 29/11 A 29/12
Polícia

Ciclista atropelada por ônibus deixa UTI e deve receber prótese

Estado de saúde ainda é crítico e familiares da vítima temem por abandono de empresa de coletivos

16 outubro 2018 - 09h34Por JP News

Uma mulher de 40 anos, atropelada por um ônibus no dia 6 de outubro, na rua Rafael de Haro, na Vila Haro, em Três Lagoas, deixou a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) nesta segunda-feira (15). Ela sofreu fraturas múltiplas e teve quatro dedos do pé mutilados no acidente.

A vítima tem três filhos e trabalha como doméstica. Ela está internada no Hospital Auxiliadora e deve receber uma prótese, conforme informou familiares. A vitima andava de bicicleta quando foi atingida.

Três dias após o acidente, ela acordou do coma. A filha dela, Tamires Michele da Silva Ramos, informou que a mãe deve passar por cirurgia para aplicação de uma prótese e não tem previsão de alta médica. A família informou que a empresa de ônibus prometeu prestar assistência à vítima. "O estado de minha mãe é grave ainda. Sente muitas dores e precisa trocar fralda. É uma situação muito triste”, disse Tamires.

A reportagem tentou entrar em contato com a técnica em segurança no trabalho da empresa de ônibus, mas não obteve retorno. O ACIDENTE A ciclista chegou a ficar embaixo do ônibus e foi socorrida por bombeiros militares e paramédicos do Serviço de Atendimento Médico de Urgência.

O marido, Antônio Ramos, estava trabalhando em uma construção, soube do acidente por parentes que moram em São Paulo, que teriam visto a notícia pelas redes sociais. O caso é investigado pela 3ª Delegacia de Polícia