(67) 99826-0686
Camara - marco

Ciclo de tragédias: idoso que matou filho que o agredia é morto a facadas em bar no Santo Eugênio

Suspeito pelo crime se apresentou à polícia e foi liberado

12 JAN 2019
Thiago de Souza
12h08min
Idoso na ocasião que matou o filho e ficou sentado Foto: Repórter Top

Durval Morales Gois, 63, foi morto a facadas em um bar, no bairro Santo Eugênio, em Campo Grande. A morte dele encerra um ciclo de tragédias que começou com o filho, Roger Augusto Pereira Gois, que o espancava e foi morto pelo próprio pai, também a facadas.

O idoso foi fonte de várias reportagens da imprensa local, inclusive do TopMídiaNews. O filho dele era alcoólatra e usuário de drogas e o agredia constantemente, na casa que fica na vila Doutor Albuquerque. Inclusive, uma das sessões de surra no idoso foram registradas por um cinegrafista amador.

Roger, o filho do idoso chegou a ser preso várias vezes, mas logo era solto. Ele tinha diversas passagens por lesão corporal dolosa, ameaça e violência doméstica.

Na noite do dia 2 de dezembro, seo Durval alegou cansaço de tantos maus tratos e revidou uma agressão do filho. Os dois lutaram e Roger foi atingido com uma facada e morreu.

O que chamou a atenção à época, foi a maneira com que seo Durval se comportou depois do crime. Quando polícia e bombeiros chegaram na residência, ele estava sentado em uma cadeira de fio, aparentemente tranquilo.

O suspeito de matar Durval, na última quarta-feira (9), é pedreiro e bebia no bar junto com a vítima. Ele se apresentou à polícia, foi ouvido e liberado.

 

 

Veja também