TJMS JANEIRO
Menu
domingo, 23 de janeiro de 2022 Campo Grande/MS
Polícia

Crianças que apanharam do padrasto passaram Natal e Ano Novo sozinhas no Caiobá

Uma vizinha ficou com dó e comprou alguns alimentos para os menores

13 janeiro 2022 - 19h00Por Dany Nascimento e Vinicius Squinelo

Um vizinho, que terá a identidade preservada, contou para o TopMídiaNews que o casal linchado no bairro Caiobá, em Campo Grande, deixou os cinco filhos sozinhos tanto no Natal, quanto no Ano Novo. 

O padrasto foi linchado por espancar as crianças dentro da residência. Ele deixou o enteado de 13 anos vomitando sangue após as agressões. 

“As crianças ficaram sozinhas, os dois sumiram. Uma vizinha que ficou com dó e comprou algumas coisas para as crianças. Eles não ligam, as crianças viviam um sofrimento dentro dessa casa. Eles apareceram na casa por agora, estavam na rua, os dois. As crianças viviam sozinhas na rua, largadas”, diz o morador.

Ele conta que a mãe ficou irritada ao ser questionada sobre as crianças estarem na rua durante a madrugada. 

“Ela ficou brava porque minha câmera pegou as crianças na rua às 3 da manhã. Perguntei, ela respondeu que eu estava cuidando da vida dela. Ela não liga para os filhos, ficou do lado do marido que bate nessas crianças diariamente. É muito sofrimento”, diz o vizinho.

Relembre o caso 

Moradores ouviram gritos de desespero e descobriram as agressões do padrasto contra os enteados, sendo três meninas e dois meninos, no Caiobá 2. Uma das crianças acabou desmaiando, enquanto outra menina foi puxada pelos cabelos pela mãe ao tentar pedir socorro.

Enfurecidos com a covardia do casal, populares o lincharam o agressor. A mãe das crianças também apanhou, mas conseguiu deixar o local. 

O agressor fugiu com quatro das cinco crianças, em um carro, e segue desaparecido. O menino que levou uma paulada nas costas e desmaiou foi o único que não sumiu com os acusados. 

Segundo informações passadas pela equipe por vizinhos, o Conselho Tutelar já esteve no local diversas vezes, mas nada foi feito até então.

A Polícia segue procurando os envolvidos e investiga o caso.