TCE JUNHO 2022
TOP MIDIA INSTITUCIONAL
Menu
segunda, 27 de junho de 2022 Campo Grande/MS
GOV ENERGIA ZERO JUNHO 2022
GOV CRESCIMENTO JUNHO 2022
GOV CRESCIMENTO JUNHO 2022
Polícia

Depois de bater no pai, homem xinga vizinha no Itamaracá: 'Preta, vagabunda'

Mulher ajudou o idoso, que teve ferimentos no rosto

31 maio 2020 - 09h46Por Thiago de Souza

Homem de 40 anos foi preso, na madrugada deste domingo (31), por injúria racial contra uma vizinha, na rua Naor Lemes Barbosa, no Itamaracá, em Campo Grande. O suspeito se irritou pelo fato da mulher ter socorrido o pai, que havia sido agredido por ele. 

Conforme o boletim de ocorrência, o filho teria batido no rosto do pai com um pedaço de madeira. A vizinha percebeu que a vítima corria dentro de casa, pedindo ajuda, já que somente uma cerca de arame farpado separa as residências. 

Na hora que a vizinha prestava socorro ao homem, o suspeito gritou para o pai: 

''Eu quero ver quando eu for embora, se esses preto vagabundo vão cuidar de você. Vocês vão se ver comigo, não sabem com quem estão mexendo'', teria dito o agressor. 

A Guarda Municipal foi chamada, mas o pai preferiu não registrar ocorrência contra o filho. A vizinha e o suspeito foram levados para a delegacia, para apurar o caso de injúria racial. 

Ainda segundo a Guarda Municipal, enquanto o suspeito estava detido, aguardando o registro da ocorrência, ele teria se exaltado e dito: 

''Seu neguinho, seu preto, vocês não me conhecem''. 

O caso foi registrado na Depac Piratininga.