Menu
segunda, 30 de novembro de 2020
Polícia

Dono de chácara preso por acorrentar cachorro paga fiança e está em liberdade

Ele passou por audiência de custódia na manhã de hoje, pagou fiança no valor de um salário mínimo e está livre

22 outubro 2020 - 11h18Por Nathalia Pelzl e Dany Nascimento

Delaor Hercílio Raulino, 62 anos, preso ontem (21), acusado de maus-tratos em uma chácara próxima do bairro Tarsila do Amaral, em Campo Grande, pagou fiança no valor de um salário mínimo e teve a liberdade provisória concedida.

Conforme o boletim de ocorrência, os policiais encontraram o animal, que atende pelo nome de Faísca, amarrado em uma chácara, sem comida e com ferimentos pelo corpo. Questionado, o idoso afirmou que mantinha o cachorro preso com uma corrente e uma guia há oito meses, para proteger a propriedade de possíveis invasores.

Ele disse que não tinha comida para o cachorro, mas tinha três recipientes com água. Os três locais apontado pelo dono do animal, estavam com água suja, cheia de filhas.  Os policiais também encontraram desvio de recurso hídrico para abastecer três tanques de peixe e barragem da nascente sem licença ambiental. Ele foi preso, passou por audiência de custódia e está em liberdade. 

Leia Também

Mais de 99 mil pessoas foram infectadas pela covid-19 em MS
CORONAVÍRUS
Mais de 99 mil pessoas foram infectadas pela covid-19 em MS
Vídeo: no Chácara Cachoeira, moradores filmam chuva forte nesta segunda-feira
Cidade Morena
Vídeo: no Chácara Cachoeira, moradores filmam chuva forte nesta segunda-feira
Hospital Regional abre processo seletivo para 80 profissionais de saúde
Oportunidades
Hospital Regional abre processo seletivo para 80 profissionais de saúde
Chuva chega, refresca calorão e derruba temperaturas em Campo Grande
Cidades
Chuva chega, refresca calorão e derruba temperaturas em Campo Grande