Menu
sábado, 26 de setembro de 2020
Polícia

Dupla que aplicou golpe em sete agências bancárias da Capital é presa em motel

O casal aplicava golpes em diversos estados brasileiros

28 fevereiro 2019 - 11h31Por Dany Nascimento e Nathalia Pelzl

Um casal foi preso por policiais do Garras (Grupo Armado de Resgate e Repressão a Assaltos e Sequestros), acusado de cometer sete furtos em agências de Mato Grosso do Sul e de outros estados brasileiros.

De acordo com o delegado João Paulo Sartori, Andreia Pereira dos Anjos, 22 anos e Juan Daniel da Silva Capuzzol, 33 anos, são suspeitos de furtar sete agências em Campo Grande, cinco no Paraná e duas em Santa Catarina.

A dupla foi presa dentro de um motel no interior de São Paulo. “Eles vão responder por furto qualificado. Equipes do Garras estiveram em São Paulo e prenderam a dupla no interior de um motel. Eles ingressaram no interior da agência, simulando que fariam uma transição normal, inseriam dispositivo na máquina e faziam a subtração de valores em envelopes”, explica o delegado.

Os dois seriam amantes e a mulher ganhava 15% do lucro em furtos. “Ele tem mais de 13 ações penais, concluímos que se tratava apenas do casal, agora a polícia civil de outros estados deve receber a informação para verificar a participação deles em outros estados”.

Conforme o delegado, no motel onde foram presos, os dois já haviam gasto mais de R$ 700.   

Leia Também

Decreto permite três viagens diárias de ônibus entre Corumbá e Campo Grande
Interior
Decreto permite três viagens diárias de ônibus entre Corumbá e Campo Grande
Mortes da covid voltam a crescer em Mato Grosso do Sul
CORONAVÍRUS
Mortes da covid voltam a crescer em Mato Grosso do Sul
Com rio Paraguai abaixo de 10 cm, Agência Nacional de Águas monitora impactos da seca
Interior
Com rio Paraguai abaixo de 10 cm, Agência Nacional de Águas monitora impactos da seca
Casa pega fogo e assusta neta e avó em bairro de Campo Grande
Cidades
Casa pega fogo e assusta neta e avó em bairro de Campo Grande