Menu
domingo, 28 de fevereiro de 2021
Polícia

Dupla que matou policial durante assalto é condenada; junto as penas somam mais de 30 anos

A sentença foi proferida nesta segunda-feira

19 janeiro 2021 - 20h00Por Mariana Rodrigues

Nessa segunda-feira (18) a Justiça de Mato Grosso do Sul condenou Mateus Fernandes Araujo, 21 e Carlos Batista Lima, 28 anos pela morte do policial civil Joel Benites. Ele foi morto no ano passado em frente a sua casa no Jardim Leblon, em Campo Grande.

Conforme a sentença, Mateus teve a culpabilidade em grau mais elevado, porém foi condenado a 11 anos e três meses em regime fechado e 30 dias-multa.

Quanto ao réu Carlos, a pena foi de 20 anos em regime fechado e 10 dias-multa. Em ambos os casos, o Juiz diz que os réus tiveram como motivação para o crime a busca por lucro fácil à custa do sacrifício alheio.

Ainda de acordo com a sentença, o juiz pontua que “não concedo aos réus o direito de apelarem em liberdade, vez que foram condenados a cumprir pena em regime fechado e por se encontrar presente o fundamento de suas prisões, qual seja, a ordem pública, em razão da gravidade em concreto dos fatos”.

Relembre

Mateus Fernandes Araujo, 21 anos, foi preso por matar o policial civil, Joel Benites, em agosto do ano passado, em frente a uma casa, no Jardim Leblon, em Campo Grande. 

O criminoso atuou junto com Carlos Batista Lima, 28 anos, que também já foi preso por roubo. Os dois tentaram assaltar Benites, que reagiu e levou três tiros.

O policial chegou a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos e morreu na UPA (Unidade de Pronto Atendimento) do Jardim Leblon.