Menu
sexta, 26 de fevereiro de 2021
Polícia

Eletricista é preso por degolar homem que também namorava sua mulher

Autor foi condenado a 11 anos e oito meses de prisão, seis anos após o crime, e demonstrou frieza ao assumir a morte

05 fevereiro 2019 - 15h26Por Amanda Amaral e Nathalia Pelzl
Eletricista é preso por degolar homem que também namorava sua mulher

O eletricista Valdir da Silva Queiroz foi preso por assassinato cometido há seis anos, por ciúmes de um homem que também mantinha relacionamento com sua mulher na época. O autor foi encontrado em uma oficina na rua Agenda, bairro Colibri, em Campo Grande, e deve cumprir 11 anos e oito meses de prisão em regime fechado.

Ele foi condenado por matar o também eletricista José Carlos da Silva, 47 anos, no dia 25 de agosto de 2013. Encontrado no local por volta das 10h desta terça-feira (5), demonstrou frieza aos policiais, sem aparente arrependimento pelo que fez.

A vítima estava na companhia da mulher, que namoraria ambos, na rua Engenheiro Paulo Frontim. Valdir, que não concordava com a relação tripla, abordou o casal no local e atirou com arma de fogo contra José e ainda o degolou com uma faca. A mulher teria fugido correndo e não se feriu.

Na época, o autor chegou a ser preso, mas contratou advogado e conseguiu responder ao processo em liberdade. A condenação saiu recentemente e a nova prisão foi efetuada por agentes do Setor de Investigações Gerais do Departamento de Polícia da Capital (Sig) da 5ª DP.