Menu
sábado, 24 de julho de 2021
PMCG REFIS 16 A 29/07
Polícia

Prefeito de Bataguassu é acusado de nepotismo e má uso de verba da covid-19

Denúncia protocolada na Câmara pede cassação de mandato. Em nota, prefeitura nega acusações e diz que objetivo é sujar imagem de Akira Otsubo

14 junho 2021 - 10h45Por Rayani Santa Cruz

O cenário político de Bataguassu anda meio turbulento nos últimos dias. A Câmara de Vereadores recebeu denúncia que acusa o prefeito Akira Otsubo (MDB) de nepotismo e mal uso de recursos da covid-19. Agora, a Casa de Leis analisa pedido de cassação de mandato do gestor.

Conforme o site Notícias em Rede, a denúncia com mais de 20 páginas foi protocolada pelo empresário Fabrício Moraes de Almeida. Ele afirma que os recursos que deveriam ser usados exclusivamente para o combate a covid-19 estão sendo utilizados para o pagamento de vigias, que não trabalham na saúde. 

O empresário vai longe e cita que os vigias estão prestando serviços em praças e espaços públicos da cidade. O documento acusa Otsubo de nepotismo onde são citadas diretamente a chefe de gabinete Maia Aparecida Maia, a vereadora Eliane de Oliveira (PSDB) e familiares da vice-prefeita de Bataguassu, Zélia Bonfim das Virgens.  

Em nota, a Prefeitura de Bataguassu repudiou todas as acusações e negou irregularidades. 

“A Prefeitura de Bataguassu vem publicamente repudiar a denúncia apresentada por um cidadão na última Sessão da Câmara de Vereadores realizada na segunda-feira, dia 7 de junho. A atual administração municipal informa que a referida denúncia tem o único propósito de tentar denegrir a imagem da gestão do prefeito Akira Otsubo (MDB).”