SOLURB JULHO 1

terça, 23 de julho de 2024

Busca

terça, 23 de julho de 2024

Link WhatsApp

Entre em nosso grupo

2

WhatsApp Top Mídia News
Polícia

31/03/2018 09:30

Em dois meses, polícia registrou 31 casos de maus-tratos a animais em MS

Dos 31 casos, nove ocorreram em Campo Grande

Casos de maus-tratos a animais estão cada vez mais comuns. No ano de 2017, 75 pessoas em Mato Grosso do Sul foram autuadas pelo crime contra animais silvestres e domésticos. O número foi 581,81% a mais do que em 2016.

Conforme a Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp), somente nos dois primeiros meses de 2018 foram registrados 31 casos de maus-tratos a animais em Mato Grosso do Sul. Desse número, nove ocorreram em Campo Grande. 

Em 2017, foram registrados 159 casos em cidades do interior do Estado e 50 na Capital.

Um dos casos registrados neste ano ocorreu na cidade de Porto Murtinho, distante a 431 quilômetros de Campo Grande. Uma cadela vira-lata foi amarrada pela dona com uma corda muito curta. O animal não conseguia deixar e nem sentar sem ser enforcada. 

A Polícia Militar Ambiental (PMA) foi acionada e resgatou a cadela, que estava visivelmente debilitada. A dona foi autuada em R$ 500 e responde por crime ambiental. 

Em Campo Grande, no mês de fevereiro, um vídeo chamou a atenção de internautas nas redes sociais. Um cachorrinho foi amarrado pelo dono e deixado na sacada de um apartamento no bairro Monte Castelo. Relembre o vídeo:

“O cara sai cedo pra trabalhar e esse anjinho de quatro patas fica preso nesse espaço, tomando sol e chuva como vocês podem ver. E o máximo que ele faz é limpar a sacada quando chega do serviço. Agora a chuva ficou forte, ele foi lá e tirou o pano do cachorrinho e deixou o inocente nessa chuva”, contou a denunciante. 

Crime

Os maus-tratos aos animais também são considerados crimes ambientais, previsto no artigo 32 da Lei nº 9.605, de 12 de fevereiro de 1998, Lei dos Crimes Ambientais, que prevê pena de detenção de três meses a um ano e também a condenação em multa para quem praticar o ato de abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar animais silvestres, domésticos ou domesticados, nativos ou exóticos.

Denúncia

Na Capital, denúncias de maus-tratos a animais podem ser feitas na Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes Ambientais e de Atendimento ao Turista (Decat), pelo telefone (67) 3325-2567. 

A delegacia está localizada na Rua Sete de Setembro, 2421 - Jardim dos Estados.

Loading

Carregando Comentários...

Veja também

Ver Mais notícias
AMIGOS DA CIDADE MORENA ABRIL NOVEMBRO