TJMS JANEIRO
Menu
quinta, 20 de janeiro de 2022 Campo Grande/MS
Polícia

Em quase cinco meses, 44 casos de pedofilia foram registrados em MS

Na semana passada, operação nacional contra a pedofilia prendeu 251 pessoas em todo país; em MS foram sete

27 maio 2018 - 07h00Por Kerolyn Araújo

A Justiça Federal com apoio da Polícia Civil deflagrou, na semana passada, a Operação Luz na Infância II, contra o crime de pedofilia. A ação foi nacional, realizada em 24 estados do país, entre eles Mato Grosso do Sul, onde foram cumpridos oito mandados de busca e apreensão. Sete pessoas foram presas.

Conforme dados da Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp), do dia 1º de janeiro ao dia 20 de maio, a polícia registrou 44 casos de pedofilia em Mato Grosso do Sul. Desse número, 15 ocorreram em Campo Grande.

O número de ocorrências até o momento ultrapassa as que foram registrados no mesmo período do ano passado. No Estado foram 41 casos, sendo 14 na Capital.

Operação

A Operação Luz na Infância II cumpriu oito mandados de busca e apreensão em Mato Grosso do Sul e sete pessoas acabaram presas. As prisões ocorreram nas cidades de Campo Grande, Dourados, Glória de Dourados e Naviraí. Em todo o país, 251 pessoas foram presas.

Entre os presos em Campo Grande está um técnico de eletrotécnica de 27 anos. Somente no computador dele, a polícia localizou 60 vídeos envolvendo pornografia infantil.

Segundo o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), possuir e compartilhar material pornográfico envolvendo crianças e adolescentes prevê pena de 1 a 4 anos de prisão. Para quem compartilha o material, a pena varia de 3 a 6 anos de reclusão.