GOV AGEMS
Menu
quarta, 08 de dezembro de 2021 Campo Grande/MS
TRE
Polícia

Empresa de caixas cirúrgicas está entre alvos de batida do Gaeco

Ela foi contratada no ano passado para fornecer equipamentos para o Governo do Estado

30 novembro 2018 - 10h37Por Dany Nascimento

A Neo Line Produtos e Serviços Hospitalares também é alvo da Operação Reagente, realizada pelo Gaeco (Grupo de Atuação Especial e Combate ao Crime Organizado), na manhã desta sexta-feira (30). A operação teve início com duas viaturas do grupo na sede do Hospital Regional e apura fraude na licitação em equipamentos médicos do Hospital.

A empresa investigada foi contratada para fornecer caixas cirúrgicas para o Governo do Estado, por R$ 409,6 mil no ano passado. Informações preliminares apontam que dois diretores do hospital foram levados pelos policiais.

Funcionários ouvidos pela reportagem apontaram que Justiniano Vava, diretor do Hospital, teria sido levado pelos agentes do Gaeco. Os policiais ainda teriam ido até a casa do diretor, que fica no Carandá Bosque.

Outro que teria sido encaminhado até a sede do Gaeco, conforme os funcionários do Hospital, seria o diretor administrativo e financeiro do Hospital, identificado apenas como Joceli Roberto.

Um veículo do Gaeco teria deixado o hospital com documentos apreendidos.