TJMS JANEIRO
Menu
quinta, 20 de janeiro de 2022 Campo Grande/MS
Polícia

Equatorianos procurados pela Interpol são presos em Corumbá

Casal é suspeito de matar a filha de apenas 8 anos no Equador

14 novembro 2021 - 12h40Por Antonio Bispo

Um homem, de 39 anos, e a mulher dele, de 36, foram presos nesse sábado (13), em Corumbá, após a Polícia Federal em conjunto com a Polícia Civil, cumprir a ordem de prisão expedida pelo Supremo Tribunal Federal para que a mulher fosse presa acusada de matar a própria filha, de 8 anos, no Equador, em setembro desse ano. 

De acordo com a Polícia Civil, o casal estava em um banco da cidade e, enquanto o homem utilizava os serviços da Instituição Financeira, a mulher deu um bilhete para uma funcionária do local dizendo ‘estoy em peligro’ (estou em perigo). 

A funcionária tentou buscar mais informações sobre o que estava acontecendo, e a acusada disse rapidamente sem que o companheiro percebesse que ele havia matado a filha dela no Equador. 

Percebendo a gravidade, acionaram o delegado de Polícia Civil que, imediatamente realizou as diligências e verificou que de fato o homem era suspeito e procurado pela morte da enteada no outro país. 

O suspeito foi preso após uma intensa cooperação da Polícia Civil com a Polícia Federal na quinta-feira (11). 

Entretanto, a mulher, mãe da menina que foi morta, também é suspeita de envolvimento no assassinato. 

Dessa forma, um despacho do Supremo Tribunal Federal ordenou a prisão da mulher nesse sábado (13), sendo cumprido pelas polícias. 

O casal estava foragido há cerca de um mês, após a filha deles dar entrada em um hospital na cidade Santa Helena, cidade equatoriana, com uma fratura no crânio. 

Após ficar 20 dias em coma, a menina não resistiu e faleceu, quando o casal decidiu fugir. 

Agora, o casal permanecerá à disposição do STF, aguardando os trâmites do processo de extradição.