Menu
sábado, 26 de setembro de 2020
Polícia

Estupro coletivo: menina de 11 anos fica em cativeiro por três dias e é abusada em MS

É o segundo crime do tipo registrado em menos de uma semana no Estado

20 março 2019 - 15h30Por Amanda Amaral

Uma criança de 11 anos de idade foi vítima de estupro por um homem de 19 anos e adolescente de 16, em Paranaíba, a 410 km de Campo Grande. Ela foi encontrada nesta terça-feira (19), três dias após seu desaparecimento.

A polícia militar chegou até os autores através de denúncia anônima, informando que a vítima estaria em residência na Rua Emílio Ferraz. A equipe foi até o endereço e ouviu testemunhas, que denunciaram o estupro coletivo e afirmaram que o maior de idade havia fugido do local com a menina.

O adolescente de 16 anos passava em frente à residência enquanto a PM colhia os depoimentos e, pressionado, informou a localização do outro envolvido. O rapaz de 19 anos então informou aos militares que havia deixado a menina de 11 anos na casa da avó da mesma. 

A avó a conduziu a até a residência da mãe da menina, onde ela confessou que havia sido abusada sexualmente pelos dois autores. O mais velho recebeu voz de prisão e o adolescente recebeu voz de apreensão.

Os envolvidos foram todos encaminhados à Delegacia Especializada de Apoio à Mulher.

Segundo caso

No domingo (17), uma adolescente de 14 anos denunciou quatro homens por estupro na Aldeia Ipegue, no Distrito de Taunay, em Aquidauana. O abuso teria ocorrido na noite do mesmo dia e o pai da menor acionou a Polícia Militar, que prendeu os suspeitos.

A menina chorava muito e se queixava de dores abdominais. Então, disse ao pai que sofreu abuso por parte de alguns homens, se lembrando de Denival e outro chamado Lucas.

A menina relatou que foi à convite de Lucas tomar tereré na casa de Denival, mas que acabou ingerindo bebida alcoólica e a fizeram fumar um cigarro de maconha, momento em perdeu a consciência e só se lembra que foi trancada em um quarto e abusada por Denival, Lucas e mais dois homens identificados como Isaias e Ezequiel. Segundo a menor, eles não a deixavam sair do local.

A guarnição saiu em buscas pela aldeia e avistou a Denival e Lucas, que correram para o meio do mato ao ver a viatura, mas foram alcançados e imobilizados pelos militares. Os dois amigos, segundo os policiais, estavam bem agitados, mas confessaram o ato.

Vítima e suspeitos foram encaminhados para a Delegacia de Polícia Civil de Aquidauana. Na Unidade Policial, o Conselho Tutelar foi acionado para atender a família.

Já Isaias e Ezequiel foram capturados ontem (18). Na delegacia, um confessou o crime e o outro negou qualquer envolvimento com o caso.

Leia Também

Caminhoneiro de Dourados capota e morre na serra de Maracaju
Interior
Caminhoneiro de Dourados capota e morre na serra de Maracaju
Bandidos não perdoam nem cavalos em Corumbá
Polícia
Bandidos não perdoam nem cavalos em Corumbá
Jovem de 22 anos perde controle de moto e morre na Salgado Filho
Cidade Morena
Jovem de 22 anos perde controle de moto e morre na Salgado Filho
Chuva foi só de um dia mesmo e sábado tem 40ºC na sombra em MS
Cidades
Chuva foi só de um dia mesmo e sábado tem 40ºC na sombra em MS