Menu
quinta, 24 de setembro de 2020
Polícia

Ex-candidata é presa depois de se passar por vítima de Brumadinho e ganhar R$ 65 mil

A liberdade provisória da acusada só acontecerá quando ela devolver os R$ 65 mil, por meio de depósito

09 abril 2019 - 17h21Por Da redação/Isto É

Ana Maria Vieira Santiago, de 57 anos, se candidatou a deputada pelo MDB-DF em 2014 e acabou presa por estelionato após se passar por vítima da tragédia de Brumadinho (MG). De acordo com o jornal O Tempo, ela declarou ter um terreno no Parque da Cachoeira, área atingida pelo rompimento da barragem da Vale, e conseguiu R$ 65 mil de doação.

A Polícia Civil informou ao jornal O Tempo que a ex-candidata foi presa em 18 de março. O juiz Rodrigo Heleno Chaves determinou que a liberdade provisória de Ana Maria só acontecerá quando ela devolver os R$ 65 mil, por meio de depósito.

Policiais contar que Ana diz ser agropecuária e afirmou ter um imóvel na área atingida pela barragem de rejeitos em Brumadinho. Com isso, ela conseguiu o dinheiro. Investigações mostram que ela chegou a convencer alguns moradores da região a dizerem que a conheciam e, por essa razão, eles foram indiciados por falsidade ideológica. A fraude foi descoberta quando identificaram que a ex-candidata mora no Distrito Federal.

Leia Também

Pai que roubou doações para filho com doença rara ganha prisão domiciliar
Geral
Pai que roubou doações para filho com doença rara ganha prisão domiciliar
Pilantra: mulher finge estupro para ganhar seguidores em redes sociais
Geral
Pilantra: mulher finge estupro para ganhar seguidores em redes sociais
Covid-19 mata mais 869 brasileiros em 24 horas, lamenta Ministério da Saúde
Geral
Covid-19 mata mais 869 brasileiros em 24 horas, lamenta Ministério da Saúde
Ladrão com faca invade casa de madrugada e morador 'mete bala' no Tijuca
Polícia
Ladrão com faca invade casa de madrugada e morador 'mete bala' no Tijuca