Menu
Busca terça, 07 de julho de 2020
ALMS
Polícia

Ex-integrante do Grupo Acaba persegue e xinga amigo e acaba baleado

O músico passou por cirurgia, mas está consciente e orientado

06 outubro 2016 - 11h01Por Dany Nascimento

Eduardo Lincoln Gouveia, 60 anos, deu entrada na Santa Casa de Campo Grande com um tiro no abdômen. Ele foi ferido após ofender e discutir em um bar da Capital. O músico já foi operado, e está fora de risco na ala de internação do hospital. Foi pedido um exame toxicológico em Lincoln.

Conforme testemunhas, Lincoln e um amigo, identificado como Fauez, estariam se desentendendo desde domingo. Seriam trocas de ofensas pessoais, e discussões sobre sexualidade de Lincoln.

‘Pilhada’ por um amigo, Lincoln teria procurado Fauez desde então, encontrando-o em um bar na noite de ontem. Ainda conforme testemunhas, ele teria partido pra cima de Fauez, que se defendeu e acertou um disparo.

Lincoln foi atendido e encaminhado para a Santa Casa. Foi inclusive o irmão de Fauez que acompanhou a cirurgia de Lincoln, e pediu exame toxicológico. “Ele não estava são, 99% de chance que ele não estava normal”, afirmou.

Fauez deve se apresentar amanhã à polícia. Lincoln é ex-integrante do Grupo Acaba.

Leia Também

FEBRE DE 38,5: Bolsonaro confirma que está com a covid-19
Geral
FEBRE DE 38,5: Bolsonaro confirma que está com a covid-19
Trump usa imagem do Cristo Redentor em campanha contra derrubada de estátuas
Geral
Trump usa imagem do Cristo Redentor em campanha contra derrubada de estátuas
VÍDEO: câmeras captaram gritos de Carla ao ser sequestrada no Tiradentes
Cidade Morena
VÍDEO: câmeras captaram gritos de Carla ao ser sequestrada no Tiradentes
Adolescente é achada após cinco horas de sumiço no São Conrado
Cidade Morena
Adolescente é achada após cinco horas de sumiço no São Conrado