(67) 99826-0686

Ex-integrante do Grupo Acaba persegue e xinga amigo e acaba baleado

O músico passou por cirurgia, mas está consciente e orientado

6 OUT 2016
Dany Nascimento
11h01min
Foto: Reprodução Facebook

Eduardo Lincoln Gouveia, 60 anos, deu entrada na Santa Casa de Campo Grande com um tiro no abdômen. Ele foi ferido após ofender e discutir em um bar da Capital. O músico já foi operado, e está fora de risco na ala de internação do hospital. Foi pedido um exame toxicológico em Lincoln.

Conforme testemunhas, Lincoln e um amigo, identificado como Fauez, estariam se desentendendo desde domingo. Seriam trocas de ofensas pessoais, e discussões sobre sexualidade de Lincoln.

‘Pilhada’ por um amigo, Lincoln teria procurado Fauez desde então, encontrando-o em um bar na noite de ontem. Ainda conforme testemunhas, ele teria partido pra cima de Fauez, que se defendeu e acertou um disparo.

Lincoln foi atendido e encaminhado para a Santa Casa. Foi inclusive o irmão de Fauez que acompanhou a cirurgia de Lincoln, e pediu exame toxicológico. “Ele não estava são, 99% de chance que ele não estava normal”, afirmou.

Fauez deve se apresentar amanhã à polícia. Lincoln é ex-integrante do Grupo Acaba.

Veja também